• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#81109
No documentário ‘’Cercados’’ são retratados os entraves enfrentados pela classe jornalística brasileira, a qual é alvo de desmoralização e ataques violentos pelo Poder Público e parcela da população. Dessa maneira, análogo ao exibido na obra, esse âmbito informativo defronta-se com um estado de crise em sua importante função social, uma vez que a subversão desse exercício provoca danos ao seu caráter comunicativo e instrutor. Nesse sentindo, não apenas ações contra sua credibilidade, como também a coerção são aspectos problemáticos que cercam essa esfera profissional.

Em primeira análise, cabe pontuar que o meio noticiário tem sua confiabilidade prejudicada pelo advento da disseminação em massa de matérias inverídicas. Desse modo, conforme o sociólogo Guy Débord, a sociedade moderna é marcada pela ‘’espetacularização da vida’’, sendo caracterizada pela superficialidade com a qual se reflete as informações, sem preocupação com a investigação de suas causas e autenticidade. Sob esse viés, denota-se que tal conjuntura é perceptível no amplo consumo de ‘’Fake News’’, prática que acarreta consequências a todo corpo cidadão, dado que torna a relação entre imprensa e sociedade não integralizada. Com efeito, a transmissão de conhecimento à coletividade é dificultada em função da sobreposição dessas falsas publicações em detrimento das realizadas por veículos oficiais, alcançando muitos leitores por meio de redes sociais de grande acesso – como Facebook –, o que resulta na manipulação da sua percepção sobre os fatos relatados e corrompe o trabalho dos jornalistas.

Em segunda análise, vale ressaltar que atos opressores direcionadas a esse âmbito midiáticos constituem um obstáculo preocupante. Dessa forma, durante o Regime Militar no Brasil, iniciado em 1964, foram criados mecanismos de silenciamento e censura para supressão da força comunicativa desse canal. À vista disso, mesmo após o fim desse período histórico, essa categoria ocupacional ainda está sujeita às perseguições, agressões verbais e físicas e ao cerceamento da sua liberdade. Por conseguinte, essa adversidade advém da exposição a qual esses profissionais estão submetidos ao exercerem seu potencial poder político e social via fornecimento de informações ao público. Logo, sem proteção adequada contra essas possíveis violências, majoritariamente empregada para calá-los, sua segurança é fragilizada.

Em suma, é mister que medidas sejam tomadas para reverter o quadro atual. Portanto, urge que o Governo, responsável pela ordem do país, elabore um plano de defesa à dinâmica jornalística, por meio da difusão de propagandas educativas acerca do reconhecimento das fake news e investimento na averiguação e punição dos casos de hostilidade que são frequentemente cometidos, a fim de que o mostrado no documentário não seja mais uma realidade nacional.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 173

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

0

bom dia, Marina li seu texto e minhas observa&cce[…]

Desconsiderando a pandemia, é evidente o au[…]

Sustentabilidade ambiental

Segundo o trecho presente no diário publica[…]

anasilva1

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM