Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#38505
Promulgada em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo indivíduo o direito a uma educação de qualidade. Embora essa lei perpetue até os dias atuais, é notório afirmar que ela não é seguida firmemente, pois em tempos de pandemia, especialmente, o modelo de ensino à distância é aderido para dar continuidade às atividades escolares, no entanto, nem todos os estudantes conseguem usufruir desse benefício. Logo, são necessárias medidas para resolver tal impasse que tem como causa a precariedade de muitas famílias e que traz consigo muitas consequências, sendo uma delas a desigualdade.

Em primeiro lugar, é importante destacar que, a baixa renda familiar é a principal causa desse empecilho. De acordo com uma pesquisa realizada pelo G1, cerca de 51% da população brasileira não possui condição para custear um aparelho tecnológico. Nessa perspectiva, é evidente que essa classe de baixa renda terá o seu futuro afetado, pois sem os aparelhos digitais como celular ou notebook, por exemplo, eles não terão condições para acompanhar as aulas remotas e garantirem a sua aprovação em suas instituições de ensino e, infelizmente, serão reprovados e obrigados a repetirem as suas séries, deixando claro, dessa forma, os desafios do ensino à distância (EAD). Assim, atividades são fundamentais em prol de solucionar essa adversidade.

Ademais, a proporção que esse problema se intensifica, a desigualdade entre os alunos só aumenta. Segundo o filósofo Jean-Jacques Rousseau, para uma sociedade ser justa ela deve garantir o direito de igualdade. Todavia, o que acontece na realidade vai em oposição a esse pensamento, uma vez que os estudantes de baixa renda se encontram em desvantagem em comparação com os indivíduos bem estruturados, dado que devido à falta de aparelhos para eles assistirem as aulas remotas, esses alunos têm como única opção estudarem em casa e sem o apoio de um professor para lhes dar um direcionamento, e em provas como Enem ou de concursos, por exemplo, essa parcela da população não terá a mesma facilidade que os demais. À vista disso, são vitais meios para abolir esse contratempo.

Portanto, intervenções são necessárias para atenuar essa adversidade. Entao, o Governo – principal autoridade política do país – deve criar um projeto chamado “Ensino para todos”, por meio de verbas governamentais e apoio do Ministério da Educação, a fim de levar os meios tecnológicos para as populações mais carentes do país, fazendo com que todos acompanhem as aulas de forma igualitária. Dessa maneira, a sociedade fará realmente jus à Declaração Universal dos Direitos Humanos.





@Ashiley, @Andree, @Anna1, poderiam corrigir? Por favor ♡
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 197

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 197

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 194

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 197

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#38521
@EduardoPedro

Erros
Correção dos erros
Comentários

Introdução
Promulgada em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo indivíduo o direito a uma educação de qualidade. Embora essa lei perpetue até os dias atuais, é notório afirmar que ela não é seguida firmemente, pois em tempos de pandemia, especialmente, o modelo de ensino à distância é aderido para dar continuidade às atividades escolares, no entanto, nem todos os estudantes conseguem usufruir desse benefício. Logo, são necessárias medidas para resolver tal impasse que tem como causa a precariedade de muitas famílias e que traz consigo muitas consequências, sendo uma delas a desigualdade.
Ótima introdução. Contém todos os requisitos necessários: repertório, problematização e tese!

Desenvolvimento 1
Em primeiro lugar, é importante destacar que, a baixa renda familiar é a principal causa desse empecilho. De acordo com uma pesquisa realizada pelo G1, cerca de 51% da população brasileira não possui condição para custear um aparelho tecnológico. Nessa perspectiva, é evidente que essa classe de baixa renda terá o seu futuro afetado, pois sem os aparelhos digitais como celular ou notebook, por exemplo, eles não terão condições para acompanhar as aulas remotas e garantirem a sua aprovação em suas instituições de ensino e, infelizmente, serão reprovados e obrigados a repetirem as suas séries, deixando claro, dessa forma, os desafios do ensino à distância (EAD). Assim, atividades são fundamentais em prol de solucionar essa adversidade.
Desenvolvimento muito bom. Contém uma excelente microestrutura, bem organizado, bom repertório e argumentação!

Desenvolvimento 2
Ademais, a proporção que esse problema se intensifica, a desigualdade entre os alunos só aumenta. Segundo o filósofo Jean-Jacques Rousseau, para uma sociedade ser justa ela deve garantir o direito de igualdade. Todavia, o que acontece na realidade vai em oposição a esse pensamento, uma vez que os estudantes de baixa renda se encontram em desvantagem em comparação com os indivíduos bem estruturados, dado que devido à falta de aparelhos para eles assistirem as aulas remotas, esses alunos têm como única opção estudarem em casa e sem o apoio de um professor para lhes dar um direcionamento, e em provas como Enem ou de concursos, por exemplo, essa parcela da população não terá a mesma facilidade que os demais. À vista disso, são vitais meios para abolir esse contratempo.
Digo o mesmo do parágrafo anterior, bem organizado e argumentativo. Nada a falar!

Conclusão
Portanto, intervenções são necessárias para atenuar essa adversidade. Entao Então, o Governo (AGENTE) – principal autoridade política do país (DETALHAMENTO) – deve criar um projeto chamado “Ensino para todos” (AÇÃO), por meio de verbas governamentais e apoio do Ministério da Educação (MEIO/MODO), a fim de levar os meios tecnológicos para as populações mais carentes do país, fazendo com que todos acompanhem as aulas de forma igualitária (EFEITO/FINALIDADE). Dessa maneira, a sociedade fará realmente jus à Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Proposta completa e muito bem elaborada. 200 na C5!

Sua redação está ótima. Possui uma estrutura e microestrutura, é bem organizado, fez bom uso de conectivos, ótima argumentação e proposta completa. Mais uma redação incrível, parabéns!
#38553
@EduardoPedro, desculpa a demora, vou dá uma olhada agora :D

INTRODUÇÃO:
Promulgada em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo indivíduo o direito a uma educação de qualidade. Embora essa lei perpetue até os dias atuais, é notório afirmar que ela não é seguida firmemente, pois em tempos de pandemia, especialmente, o modelo de ensino à distância é aderido para dar continuidade às atividades escolares, no entanto, nem todos os estudantes conseguem usufruir desse benefício. Logo, são necessárias medidas para resolver tal impasse que tem como causa a precariedade de muitas famílias e que traz consigo muitas consequências, sendo uma delas a desigualdade.

Comentários: ótima introdução, não tenho oque pontuar.

D1:
Em primeiro lugar, é importante destacar que,[1] a baixa renda familiar é a principal causa desse empecilho. De acordo com uma pesquisa realizada pelo G1, cerca de 51% da população brasileira não possui condição para custear um aparelho tecnológico. Nessa perspectiva, é evidente que essa classe de baixa renda terá o seu futuro afetado, pois sem os aparelhos digitais como celular ou notebook, por exemplo, eles não terão condições para acompanhar as aulas remotas e garantirem a sua aprovação em suas instituições de ensino e, infelizmente, serão reprovados e obrigados a repetirem as suas séries, deixando claro, dessa forma, os desafios do ensino à distância (EAD). Assim, atividades são fundamentais em prol de solucionar essa adversidade.

Comentários:
[1] isso tá mais pra uma dúvida kkk, fico confuso enquanto essa vírgula aí, você poderia me explicar se ela é necessária ou apenas facultativa 🧐?

D2:
Ademais, a proporção que esse problema se intensifica, a desigualdade entre os alunos só aumenta. Segundo o filósofo Jean-Jacques Rousseau, para uma sociedade ser justa ela deve garantir o direito de igualdade. Todavia, o que acontece na realidade vai em oposição a esse pensamento, uma vez que os estudantes de baixa renda se encontram em desvantagem em comparação com os indivíduos bem estruturados, dado que devido à falta de aparelhos para eles assistirem as aulas remotas, esses alunos têm como única opção estudarem em casa, [1] e sem o apoio de um professor para lhes dar um direcionamento, e [2] em provas como Enem ou de concursos, por exemplo, essa parcela da população não terá a mesma facilidade que os demais. À vista disso, são vitais meios para abolir esse contratempo.

Comentários:
[1] Nesse caso aqui vai vírgula, porque você está unindo duas orações com sujeitos diferentes.
[2] Desnecessário e gerou uma repetição


CONCLUSÃO:
Portanto, intervenções são necessárias para atenuar essa adversidade. Entao, o Governo – principal autoridade política do país – deve criar um projeto chamado “Ensino para todos”, por meio de verbas governamentais e apoio do Ministério da Educação, a fim de levar os meios tecnológicos para as populações mais carentes do país, fazendo com que todos acompanhem as aulas de forma igualitária. Dessa maneira, a sociedade fará realmente jus à Declaração Universal dos Direitos Humanos.

ótima proposta Edu!

Comentários finais: Excelente texto novamente né! Marquei apenas repetições que realmente comprometem uma coesão maior do seu texto e que poderiam ser substituídas, mas como foram poucas, não vou te tirar ponto por isso kkkkk
1.000 novamente, parabéns!!! :lol: 👏👏👏
#38564
@Andree, Sobre a dúvida da vírgula se é necessária ou facultativa, bem. Eu acho que é necessária, pois todas as vezes que eu mandava meu texto para meu professor corrigir ele cobrava a vírgula que ficava ali. Por isso, comecei a pensar que é obrigatório, então, coloco. Kkk
Humanização da ciência

Segundo Dalai Lama, monge budista tibetano “[…]

GlendaMorais ajudou muito! Agradeço dema[…]

jherodrigues , Muito obrigada pela correç[…]

Geralcinoj , arrasou! Muuito obrigada. Vou anota[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM