Avatar do usuário
Por Lucivani
Quantidade de postagens
#127380
Sob a perspectiva filosófica de Levanis, a alteridade é o exercício de se colocar no lugar do outro, e o perceber como uma pessoa singular e subjetiva. Desse modo, percebe-se que na questão dos desafios para combater o avanço de dengue no Brasil, falta a aplicação desse conceito por parte dos poderes públicos, provocando inúmeros problemas à coletividade. Assim, é imperioso o debate disso com uma análise histórica e educacional.
Inicialmente, urge salientar que a relação casuística da adversidade se da pela negligência governamental. Sobre isso, o filósofo Thomas Hobbes da obra "O Leviatã", afirma que é função do Estado, a partir do Contrato Social, a imposição da ordem e das garantias naturais ao indivíduo. No entanto, esse mesmo ente provoca a inoperância de uma saúde pública humaniza, indeferindo a Constituição Federal, artigo 196° que é dever do Estado aplicar essa garantia. Assim, a cidadania é colocada em plano imaginário e o óbice persiste.
Outrossim, torna-se imprescindível ultimar com a desigualdade social existente no Brasil. Todavia, às escolas uma das principais ferramentas de formação de opinião e socialização do indivíduo na realidade hodierna, falta infraestrutura, políticas públicas imediatistas para orientação e conscientização da população brasileira na erradicação dessa problemática. Segundo, a ativista Malala " Um livro, uma caneta, uma criança e um professor podem mudar o mundo". Em suma, é fulcral uma mudança desse cenário.
Portanto, fica evidente que são fundamentais a criação de alternativas para amenizar esse impasse citado. Para isso, os interlocutores da informação, como noticiários televisivos e canais da imprensa em outras plataformas devem promover a relevância de investimentos estatal em ações de combate a dengue, medidas socioeducativas de prevenção à doença que pode levar a óbito, a oferta de uma saúde empática e com equidade na rede pública, com médicos, insumos hospitalares e prestadores de serviços, por meios de vídeos, propagandas, "lives" e debate com especialistas da área. Logo será intermediado os desafios para combater o avanço dos casos de dengue no Brasil no século XXI.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
226 Exibições
por Lalalay
0 Respostas 
39 Exibições
por llauraxcx
1 Respostas 
34 Exibições
por Pauloo
0 Respostas 
131 Exibições
por gabriely234
0 Respostas 
251 Exibições
por Alannarayssa
0 Respostas 
58 Exibições
por cathgmss
0 Respostas 
443 Exibições
por melmarson
0 Respostas 
85 Exibições
por Nicolas0001
Dengue
por Lucivani    - In: Outros temas
0 Respostas 
55 Exibições
por Lucivani
Dengue desafio da atualidade
por Veridiana    - In: Outros temas
0 Respostas 
24 Exibições
por Veridiana

A Declaração Universal dos Direitos […]

ㅤㅤEm um cenário de constantes transforma&cc[…]

A relação do homem com o trabalho, a[…]

Abandono paterno no Brasil

Caiunao

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM