• Avatar do usuário
#76084
A constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa os desafios da modalidade urbana no Brasil, dificultando, deste modo, a universalizaçao desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater esses desafios. Segundo as ideias do filósofo contratualista John Loke, configura-se como uma violação do contrato social, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o transporte, o que é evidente no país.
Ademais, é fundamental apontar o aumento do índice de acidentes, tendo como consequência mutilações graves ou morte. Um estudo feito pelo IEMA revela que na cidade de São Paulo os transportes como carros, ônibus e caminhões são responsáveis por 72,6% das emissões de gases efeito estufa, como impulsionador do problema. Logo é inadmissível que esse cenario continue a pendurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso é imprescindível que a população tomem pequenas iniciativas como a de ter viagens compartilhadas e usar como principal transporte bicicletas, logo diminuirá os fluxos de automóveis e porcentualmemte os acidentes e emissão de gases.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#76128
alunxv escreveu:A constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa os desafios da modalidade urbana no Brasil, dificultando, deste modo, a universalizaçao desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater esses desafios. Segundo as ideias do filósofo contratualista John Loke, configura-se como uma violação do contrato social, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o transporte, o que é evidente no país.
Ademais, é fundamental apontar o aumento do índice de acidentes, tendo como consequência mutilações graves ou morte. Um estudo feito pelo IEMA revela que na cidade de São Paulo os transportes como carros, ônibus e caminhões são responsáveis por 72,6% das emissões de gases efeito estufa, como impulsionador do problema. Logo é inadmissível que esse cenario continue a pendurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso é imprescindível que a população tomem pequenas iniciativas como a de ter viagens compartilhadas e usar como principal transporte bicicletas, logo diminuirá os fluxos de automóveis e porcentualmemte os acidentes e emissão de gases.
alunxv escreveu:A constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa os desafios da modalidade urbana no Brasil, dificultando, deste modo, a universalizaçao desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater esses desafios. Segundo as ideias do filósofo contratualista John Loke, configura-se como uma violação do contrato social, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o transporte, o que é evidente no país.
Ademais, é fundamental apontar o aumento do índice de acidentes, tendo como consequência mutilações graves ou morte. Um estudo feito pelo IEMA revela que na cidade de São Paulo os transportes como carros, ônibus e caminhões são responsáveis por 72,6% das emissões de gases efeito estufa, como impulsionador do problema. Logo é inadmissível que esse cenario continue a pendurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso é imprescindível que a população tomem pequenas iniciativas como a de ter viagens compartilhadas e usar como principal transporte bicicletas, logo diminuirá os fluxos de automóveis e porcentualmemte os acidentes e emissão de gases.

Tudo bem, obrigada mais uma vez :D

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM