Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#44606
Durante o Segundo Reinado, houve a criação de ferrovias no território brasileiro, que facilitaram a locomoção de pessoas e o escoamento de produtos da época. De maneira análoga, muitas pessoas, no contexto atual, têm dado preferência a meios de transporte modernos e poluidores do meio ambiente, o que dificulta a implantação de uma mobilidade urbana sustentável. Assim, convém analisar os fatores decisivos na escolha dessas pessoas, que permitem a perpetuação da problemática no mundo contemporâneo.

Em primeira análise, a falta de investimentos do Estado mostra-se como uma causa latente do problema. Esta situação contraria o Contrato Social proposto pelo filósofo Jonh Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de de seus direitos naturais. Sob esse viés, o estado negligencia a destinação de investimentos para a construção de ciclovias e calçadas para pedestres, o que contribui para a inviabilização do uso da bicicleta como meio de transporte.

Outrossim, a lacuna educacional é outra razão que permite a continuação do problema. A respeito disso, o filósofo Immanuel Kant afirma que o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, conclui-se que as instituições escolares não promovem discussões acerca da mobilidade urbana sustentável, o que provoca o desconhecimento dos alunos em relação a esse tema. Logo, esses alunos, no futuro, serão instruídos a utilizarem meios de transportes que agridem o meio ambiente, pois desconhecem meios de locomoção sustentáveis.

Portanto, uma intervenção faz-se necessária. Sob essa perspectiva, o Ministério da Infraestrutura deve facilitar a implantação de uma rede de locomoção sustentável, por meio de investimentos na construção de ciclovias e calçadas para pedestres. E cabe ao Ministério da Educação, em parceria com as instituições escolares, levar à discussão o assunto de meios de transporte sustentáveis, por meio de rodas de conversas, a fim dos alunos conhecerem mais sobre essa temática. Além disso, essas rodas de conversa devem contar com a participação de pessoas que adotaram a bicicleta como meio de transporte, como forma de expressar a importância desse tema aos estudantes. Desse modo, será uma realidade a implantação de uma mobilidade urbana sustentável no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#44619
@Easy, claroo! :D

Durante o Segundo Reinado, houve a criação de ferrovias no território brasileiro, que facilitaram a locomoção de pessoas e o escoamento de produtos da época. De maneira análoga, muitas pessoas, no contexto atual, têm dado preferência a meios de transporte modernos e poluidores do meio ambiente, o que dificulta a implantação de uma mobilidade urbana sustentável. Assim, convém analisar os fatores decisivos na escolha dessas pessoas, que permitem a perpetuação da problemática no mundo contemporâneo.
* Poderia apresentar os argumentos que iria desenvolver: a falta de investimento e a lacuna educacional

Em primeira análise, a falta de investimentos do Estado mostra-se como uma causa latente do problema. [faltou conectivo e ficou confuso > Esta situação contrária [acentuação] o Contrato Social proposto pelo filósofo Jonh Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de de seus direitos naturais. Sob esse viés, o Estado negligencia a destinação de investimentos para a construção de ciclovias e calçadas para pedestres, o que contribui para a inviabilização do uso da bicicleta como meio de transporte. [faltou arrematar o argumento]

Outrossim, a lacuna educacional é outra razão que permite a continuação do problema. A respeito disso, o filósofo Immanuel Kant afirma que o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, conclui-se que as instituições escolares não promovem discussões acerca da mobilidade urbana sustentável, o que provoca o desconhecimento dos alunos em relação a esse tema. Logo, esses alunos, no futuro, serão instruídos a utilizarem meios de transportes que agridem o meio ambiente, pois desconhecem meios de locomoção sustentáveis.
* Acredito que esse § está na estrutura correta

Portanto, uma intervenção faz-se necessária. Sob essa perspectiva, o Ministério da Infraestrutura deve facilitar a implantação de uma rede de locomoção sustentável, por meio de investimentos na construção de ciclovias e calçadas para pedestres. [faltou conectivo]E cabe ao Ministério da Educação, em parceria com as instituições escolares, levar à discussão o assunto de meios de transporte sustentáveis, por meio de rodas de conversas, a fim dos alunos conhecerem mais sobre essa temática. Além disso, essas rodas de conversa devem contar com a participação de pessoas que adotaram a bicicleta como meio de transporte, como forma de expressar a importância desse tema aos estudantes. Desse modo, será uma realidade a implantação de uma mobilidade urbana sustentável no Brasil.
* Acredito que a conclusão está completa
* Faltou o detalhamento e a finalidade da primeira ação, mas na segunda trouxe tudo, então está bom


Espero ter ajudado! ;)
#45597
jherodrigues escreveu:@Easy, claroo! :D

Durante o Segundo Reinado, houve a criação de ferrovias no território brasileiro, que facilitaram a locomoção de pessoas e o escoamento de produtos da época. De maneira análoga, muitas pessoas, no contexto atual, têm dado preferência a meios de transporte modernos e poluidores do meio ambiente, o que dificulta a implantação de uma mobilidade urbana sustentável. Assim, convém analisar os fatores decisivos na escolha dessas pessoas, que permitem a perpetuação da problemática no mundo contemporâneo.
* Poderia apresentar os argumentos que iria desenvolver: a falta de investimento e a lacuna educacional

Em primeira análise, a falta de investimentos do Estado mostra-se como uma causa latente do problema. [faltou conectivo e ficou confuso > Esta situação contrária [acentuação] o Contrato Social proposto pelo filósofo Jonh Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de de seus direitos naturais. Sob esse viés, o Estado negligencia a destinação de investimentos para a construção de ciclovias e calçadas para pedestres, o que contribui para a inviabilização do uso da bicicleta como meio de transporte. [faltou arrematar o argumento]

Outrossim, a lacuna educacional é outra razão que permite a continuação do problema. A respeito disso, o filósofo Immanuel Kant afirma que o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, conclui-se que as instituições escolares não promovem discussões acerca da mobilidade urbana sustentável, o que provoca o desconhecimento dos alunos em relação a esse tema. Logo, esses alunos, no futuro, serão instruídos a utilizarem meios de transportes que agridem o meio ambiente, pois desconhecem meios de locomoção sustentáveis.
* Acredito que esse § está na estrutura correta

Portanto, uma intervenção faz-se necessária. Sob essa perspectiva, o Ministério da Infraestrutura deve facilitar a implantação de uma rede de locomoção sustentável, por meio de investimentos na construção de ciclovias e calçadas para pedestres. [faltou conectivo]E cabe ao Ministério da Educação, em parceria com as instituições escolares, levar à discussão o assunto de meios de transporte sustentáveis, por meio de rodas de conversas, a fim dos alunos conhecerem mais sobre essa temática. Além disso, essas rodas de conversa devem contar com a participação de pessoas que adotaram a bicicleta como meio de transporte, como forma de expressar a importância desse tema aos estudantes. Desse modo, será uma realidade a implantação de uma mobilidade urbana sustentável no Brasil.
* Acredito que a conclusão está completa
* Faltou o detalhamento e a finalidade da primeira ação, mas na segunda trouxe tudo, então está bom


Espero ter ajudado! ;)







Muito obrigada!

A saúde mental está erroneamente atr[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

vittorzao poderia justificar sua pontuaç[…]

fenômeno do encarceramento em massa dos diag[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM