• Avatar do usuário
#81967
A insegurança alimentar é um grande desafio. Tal condição se dá por diversos motivos, dentre os quais evidencia-se a insegurança alimentar durante a pandemia e o salário mínimo insuficiente. Sendo assim, é importante solucionar as iminências que circundam a problemática.

Certamente, a pandemia afetou muitas pessoas economicamente, fazendo com que não tenham acesso permanente e de quantidade suficiente de alimentos. Isso ocorre porque várias pessoas no país mudaram suas rotinas por falta de trabalho. Consoante com o livro Quarto de despejo, por Carolina Maria de Jesus, em que relata o cotidiano difícil na favela, na qual chegava a trabalhar quinze horas por dia para sustentar a família, que muitas vezes não tinha o que comer. Em semelhança ao que muitos círculos familiares brasileiros passaram e continuarão a sofrer. Destarte, é necessário cumprir a constituição, e dar assistência aos desamparados.

Por certo, o salário mínimo de mil e cem reais é insuficiente. Isso advém da situação de que muitos cidadãos não conseguem garantir a subsistência com essa quantia, e ainda há indivíduos que não têm nem esse valor. Segundo dados da Revista Exame de abril, 59,4% dos brasileiros sofrem com a insegurança alimentar. De modo complementar ao que vemos diariamente nos centros urbanos, pessoas pedindo dinheiro ou alimento. Dessa maneira, é impossível negar o impacto da falta de acesso ao alimento pela população.

Torna-se indispensável, portanto, a realização de ações que abrandem os efeitos da insegurança alimentar. Para tal fim é papel do Ministério da Economia tornar permanente o auxílio emergencial, transformando em uma renda básica, para as famílias de baixa economia. Além disso, cabe ao Governo Federal revisar o valor do salário mínimo, com a finalidade de melhorar a condição de vida dos que dependem dessa quantia. Dessa maneira alcançaremos a ordem e o progresso da Nação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM