• Avatar do usuário
#81661
Segundo Nelson Mandela, a educação é a armas mais poderosa para mudar o mundo. Sob essa narrativa, existe uma série de problemas atrelados a educação do povo como, os desafios da educação digital no Brasil, onde nem todos os alunos de escolas públicas possui poder aquisitivo para ter acesso aos estudos de maneira remota e nem mesmo da maneira presencial, isso devido ao âmbito social em que vivem. Assim, se faz, crucial o discurso com o foco na negligência governamental e desigualdade social.
Diante desse cenário, deve-se ressaltar a falta de políticas governamentais para solucionar os desafios da educação digital no Brasil. Nesse sentido, ao analisar a Constituição Federal de 1988, documento de extrema importância para o desenvolvimento educacional do país, é previsto no artigo 6, o direito à educação, como inerente a todo cidadão brasileiro. Diante de tal exposto, o que é previsto não é o que vem sendo praticado no atual cenário brasileiro, pois não existe uma estrutura profissional e material para acolher todos os alunos de maneira igualitária, onde todos teriam acesso à internet, matériais tecnológicos e professores qualificados. logo, é inadmissível que tal cenário continue a se perdurar.
Ademais, é importante apontar a desigualdade social como impulsionador para os desafios da educação digital no Brasil. Contudo, vale citar o jornalista Barão de Itararé, os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são desiguais. Da mesma forma, acontece na sociedade brasileira, áreas periféricas tem pouco acesso ao ensino tradicional, tampouco terá acesso à educação digital, porque além de não terem acesso à internet de qualidade, pessoas que residem em favelas não possui dinheiro suficiente para pagar internet, equipamento tecnológico sem que a renda da alimentação e moradia seja comprometida. Entende-se, que existem desafios para esse grupo social no ensino à distância, tornando a problemática maior.
Depreende-se, portanto, a criação de políticas públicas para combater esses desafios. Para isso, é imprescindível que o Governo Federal, por meio do Ministério da educação, forneça cursos de capacitação para os professores responsáveis pelo ensino remoto, e feche parcerias com multinacionais, como Samsung, Apple para fornecer seus produtos tecnológicos que vai contribuir para o aprendizado on-line dos alunos. Além disso, cabe ao Ministério da Economia fornecer auxílio de inclusão digital aos alunos de renda bruta familiar inferior a um salário mínimo , e que realize parcerias com operadoras de internet, levando às em locais periféricos. Espera-se que, assim, que o direito à educação da nação seja efetivado com sucesso, fazendo com que esses desafios sejam superados no país e que Constituição Federal seja executada da maneira correta no território brasileiro.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#81683
@MuriloSg,
MuriloSg escreveu:Segundo Nelson Mandela, a educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo. Sob essa narrativa, existe uma série de problemas atrelados a educação do povo como, os desafios da educação digital no Brasil, onde nem todos os alunos de escolas públicas possui poder aquisitivo para ter acesso aos estudos de maneira remota e nem mesmo da maneira presencial, isso devido ao âmbito social em que vivem. Assim, se faz, crucial o discurso com o foco na negligência governamental e desigualdade social.
Diante desse cenário, deve-se ressaltar a falta de políticas governamentais para solucionar os desafios da educação digital no Brasil. Nesse sentido, ao analisar a Constituição Federal de 1988, documento de extrema importância para o desenvolvimento educacional do país, é previsto no artigo 6, o direito à educação, como inerente a todo cidadão brasileiro. Diante de tal exposto, o que é previsto não é o que vem sendo praticado no atual cenário brasileiro, pois não existe uma estrutura profissional e material para acolher todos os alunos de maneira igualitária, onde todos teriam acesso à internet, matériais tecnológicos e professores qualificados. logo, é inadmissível que tal cenário continue a se perdurar.
Ademais, é importante apontar a desigualdade social como impulsionador para os desafios da educação digital no Brasil. Contudo, vale citar o jornalista Barão de Itararé, os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são desiguais. Da mesma forma, acontece na sociedade brasileira, áreas periféricas tem pouco acesso ao ensino tradicional, tampouco terá acesso à educação digital, porque além de não terem acesso à internet de qualidade, pessoas que residem em favelas não possui dinheiro suficiente para pagar internet, equipamento tecnológico sem que a renda da alimentação e moradia seja comprometida. Entende-se, que existem desafios para esse grupo social no ensino à distância, tornando a problemática maior.
Depreende-se, portanto, a criação de políticas públicas para combater esses desafios. Para isso, é imprescindível que o Governo Federal, por meio do Ministério da educação, forneça cursos de capacitação para os professores responsáveis pelo ensino remoto, e feche parcerias com multinacionais, como Samsung, Apple para fornecer seus produtos tecnológicos que vai contribuir para o aprendizado on-line dos alunos. Além disso, cabe ao Ministério da Economia fornecer auxílio de inclusão digital aos alunos de renda bruta familiar inferior a um salário mínimo , e que realize parcerias com operadoras de internet, levando às em locais periféricos. Espera-se que, assim, o direito à educação da nação seja efetivado com sucesso e a Constituição Federal seja executada da maneira correta no território brasileiro.
Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM