Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119145
No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação de qualidade. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais para nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas de qualidade, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação qualificada no País.

Ademais, problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudos, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e matérias escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, mas elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação qualificada no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar uma ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar as escolas com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 173

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119148
[quote="Pxvesq"]No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação de melhor. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas sublimes, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação de qualificada no País.

Ademais, os problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudos, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e materiais escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, porém elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação Superior no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar a escola com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.[/quote]
0
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119149
No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação de melhor. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas sublimes, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação de qualificada no País.

Ademais, os problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudos, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e materiais escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, porém elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação Superior no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar a escola com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.
0
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119150
Olá….. vocês poderiam corrigir e pontuar pra mim por favor! Muito grata! 🤗
[mention]Alunaaaamed[/mention] [mention]Samara102006[/mention]
[mention]OlrenBeat[/mention]
[mention]Mayrita23[/mention]
[mention]Casey12[/mention]
[mention]Kayokrys[/mention]
[mention]GeovanaAnt[/mention]
[mention]Felipe082[/mention]
[mention]EmillyySilva[/mention]
[mention]manuelf[/mention]
1
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119151
[quote="Pxvesq"]No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação melhor. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas sublimes, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação de qualificada no País.

Ademais, os problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudos, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e materiais escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, porém elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação Superior no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar a escola com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.[/quote]
0
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119152
[quote="Pxvesq"][quote="Pxvesq"]No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação melhor. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas sublimes, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação de qualificada no País.

Ademais, os problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudos, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e materiais escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões são não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, porém elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação Superior no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar a escola com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.[/quote][/quote]
0
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119155
No livro “O diário dos Escritores da Liberdade” escrito por Erin Gruwell, são retratados os entraves enfrentados por uma professora para que seus alunos, recebam uma educação melhor. Ao sair da ficção, sem desconsiderar o contexto histórico da obra, observa-se que existem impasses na educação contemporânea brasileira. Desse modo, conclui-se que essas dificuldades ocorrem devido à falta de investimento adequado à educação e problemas socioeconômicos.

Primeiramente, é importante analisar que à falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocrático. No entanto, essa situação dificulta a garantia de aulas sublimes, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à escassa educação no País.

Ademais, os problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudo, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e materiais escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à inexistência de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões não são consideradas de extrema importância para serem resolvidas, porém elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.

Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação Superior no Brasil, promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar a escola com dignidade. Em suma, poderíamos ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.
0
Avatar do usuário
Por Alunaaaamed
Quantidade de postagens Amigos
#119160
Pxvesq escreveu:Olá….. vocês poderiam corrigir e pontuar pra mim por favor! Muito grata! 🤗
@Alunaaaamed @Samara102006
@OlrenBeat
@Mayrita23
@Casey12
@Kayokrys
@GeovanaAnt
@Felipe082
@EmillyySilva
@manuelf
Olá @Pxvesq
Irei corrigir sua redação,mas fique a vontade em questionar.
observações


a introdução eu achei muito boa, parabéns

Primeiramente, é importante analisar que a falta de infraestrutura compromete o acesso à aprendizagem no Brasil. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o ensino de qualidade, os problemas associados à falta de equipamentos primordiais paraeu acho que o certo seria:para as instituições escolares nas instituições escolares ultrapassam a esfera financeira, haja vista que a demanda por materiais essenciais para ministrar aulas é incompatível com a disponibilidade ofertada pelos órgãos responsáveis, o que torna o processo lento e burocráticoque processo??. No entantoeu acho que seria melhor usar outro conectivo, pois esse conectivo é usado para contradição,na minha opinião usaria o conectivo:Nessa lógica ou nesse contexto, essa situação dificulta a garantia de aulas de qualidade, contrariando o que está estabelecido pela Carta Magna. Conforme Pierre Bourdieu, o qual afirma que a "violência simbólica" se expressa quando uma determinada parcela da população não usufrui dos mesmos direitos, fato semelhante à falta de educação qualificada no País.achei esse parágrafo confuso e desnecessário,pois você fala que a situação dificulta a qualidade das aulas,e depois inseri o repertório de Pierre,e não explica-lo

Ademais, problemas socioeconômicos contribuem para o desinteresse dos alunos, pois desde idade tenra eles sentem necessidade de trabalhar para ajudar nas despesas de casa, mas enfrentam dificuldades para correlacionar o trabalho e estudosquais dificuldades eles enfrentam?, resultando na desmotivação e desistência, como também a falta de cuidados principais com a saúde, higiene e matérias escolares, podem gerar constrangimento nos alunos e afetar sua disposição em frequentar as aulas. De acordo com uma pesquisa da Politize, a pobreza é a 6º maior causa do abandono escolar, devido à falta de itens essenciais para uma participação digna na escola. Todavia, essas questões que questões??não consideradas de extrema importância para serem resolvidas, mas elas devem ser abordadas para garantir oportunidades educacionais igualitárias para todos os alunos.
Portanto, medidas devem ser elaboradas para minimizar essa problemática. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável por proporcionar educação qualificada no Brasil,promover melhorias na educação, como criação de laboratório e bibliotecas em todas as escolas do país, por meio de verbas governamentais, a fim de incentivar e promover interesse dos alunos para que haja participação efetiva deles, bem como oferecer aulas mais elaboradas e criativas. Outrossim, urge ao Ministério da Cidadania, por meio de verbas governamentais, proporcionar uma ajuda financeira para famílias em situação precária, permitindo que elas possam realizar atividades essenciais para frequentar as escolas com dignidade. Em suma, poderíamos,eu não colocaria essa palavra pois concordar com nós,eu escreveria assim:todos poderiam ter uma educação igualitária e de qualidade, como é merecido aos alunos da obra retratada e pelos alunos da atual sociedade brasileira, pois à educação é elemento importante na construção de caráter e aprimoramento da convivência em sociedade.eu aconselho você retormar o que foi dito na introdução,eu colocaria assim:Desse modo,o cenário brasileiro estará mais próximo do idealizado por Erin Gruwell.
2
Avatar do usuário
Por mduartt
Quantidade de postagens
#119162
Seu texto está bem fundamentado, apresenta uma tese explicita e demonstra que você compreendeu o tema. Demonstrou compreensão do tema, pois seguiu seu comando, e domínio da estrutura do texto dissertativo-argumentativo. Não houve inadequação no uso de conectivos, nem repetição de palavras, o que contribuiu para a leitura fluida e agradável da redação. Muito bem! Sua proposta de resolução está perfeita e atente todos os requisitos. Parabéns!! :D
1
Avatar do usuário
Por Pxvesq
Quantidade de postagens
#119163
[mention]Alunaaaamed[/mention], muito grata. Suas observações me ajudaram muito! 🩷
2
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
138 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
53 Exibições
por Murilo15
1 Respostas 
95 Exibições
por pinschercaca
0 Respostas 
65 Exibições
por Ingridfelix4
0 Respostas 
26 Exibições
por Sofi73
5 Respostas 
5172 Exibições
por Suiane
a falta de saúde básica no brasil
por clara110    - In: Outros temas
0 Respostas 
90 Exibições
por clara110
0 Respostas 
45 Exibições
por Juliad4
0 Respostas 
81 Exibições
por MarianeX9
0 Respostas 
127 Exibições
por PaolaMR

O quadro expressionista "O grito&quot[…]

Em outubro de 1988, a sociedade conheceu um dos do[…]

      O Estatuto do idoso informa q[…]

Conforme o, artigo 3º, inciso IV, da Constitu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM