• Avatar do usuário
#74350
Segundo o livro "pedagogia do oprimido" do patrono da educação brasileira, Paulo Freire, é indubitável a necessidade de educar a partir da realidade do aluno. Neste sentido, pode-se afirmar que existe um leque de desafios da EAD para a rede pública de ensino brasileiro, uma vez que, há um forte contraste entre as tendências contemporâneas e a precária realidade social dos estudantes, bem como, a existência de uma deficiente infraestrutura educacional.
Primeiramente, é válido ressaltar que o contexto de um notório percentual de crianças, adolescentes e jovens brasileiros é de precariedade nos mais diversos segmentos da sociedade, configurando uma preocupante vulnerabilidade social. A criticidade situacional supracitada contrapõe com os novos modelos tendenciosos do mundo capitalista, visto que, muitos discentes são despossuídos de condições financeiras que permita o acesso as ferramentas de conteúdos pedagógicos no formato digital.
Em conformidade com o mutável mundo globalizado do século XXI, é admissível que a "tecnologia move o mundo " como expôs Steve Jobs. Neste sentido, os avanços nas metodologias de ensino proporcionaram maior flexibilidade e otimização do tempo. Todavia, a educação do país não evoluiu proporcionalmente à modernização, pois há um despreparo técnico por parte dos educadores, além de uma desorganização no repasse do conteúdo, dificultando a aprendizagem dos acadêmicos.
É perceptível que há uma cadeia de desafios em face do ensino à distância nas escolas públicas brasileiras. Sendo assim, compete ao governo federal e ao MEC as ações de mitigação da problemática através da qualificação tecnológica continuada de professores e profissionais ligados ao segmento, como também, investimentos em TI e a disponibilização de pontos populares de acesso à internet, para que a qualidade da educação pública brasileira se aproxime dos ideais de democracia e inclusão social defendidos pelo educador Anísio Teixeira. [/list][/list][/list][/list]
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Embora a Declaração Universal dos Di[…]

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM