Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#38307
A obra “Utopia” de Thomas More retrata uma sociedade perfeita, caracterizada pela ausência de problemas e conflitos. No entanto, no Brasil, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que o deslocamento da população nas grandes cidades ainda enfrenta grandes barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Consequentemente, esse cenário antagônico é fruto tanto da dificuldade de locomoção que os portadores de necessidades especiais enfrentam, quanto do tráfego cheio e congestionado nas ruas e estradas durante o horário de pico.

Precipuamente, é válido pontuar que problemas de acessibilidade estão diretamente ligados à mobilidade urbana que deriva da baixa atuação dos setores governamentais. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o estado é responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, isso não ocorre no Brasil. Devido à falta de atuação das autoridades, não há planejamento e aplicação de medidas inclusivas adequadas, como calçadas com rampas, locais com corrimão e transporte adaptado. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.

Ademais, é imperativo ressaltar outro problema na comum rotina de excesso de automóveis durante o dia. Tudo isso retarda a resolução do empecilho, já que a falta de infraestrutura gerou uma super lotação nas ruas, resultando em um trânsito lento, estressante e perigoso que contribui para a perpetuação desse quadro deletério.

Assim, medidas são necessárias para conter o avanço da problemática na sociedade brasileira. Necessita-se que, urgentemente, o Tribunal de Contas da União direcione capital ¬que aplique as verbas destinadas aos transportes e invista em projetos com acessibilidade, garantindo assim uma adaptação dos meios e demais vias de locomoção. Além disso, é fundamental que o Governo Federal invista em ampliações com infraestrutura adequada para a realização do procedimento nos principais centros urbanos de cada estado. Desse modo, em médio e longo prazo a coletividade alcançará a Utopia de More.¬¬
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#38453
@marifreiress, vou corrigir especificamente a sua argumentação porque há poucos desvios gramaticais. Não esqueça de comentar...

Introdução:
A obra “Utopia” de Thomas More retrata uma sociedade perfeita, caracterizada pela ausência de problemas e conflitos. No entanto, no Brasil, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que o deslocamento da população nas grandes cidades ainda enfrenta grandes barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Consequentemente, esse cenário antagônico é fruto tanto da dificuldade de locomoção que os portadores de necessidades especiais enfrentam, quanto do tráfego cheio e congestionado nas ruas e estradas durante o horário de pico.

Comentário:
Você atribui a consequência para a dificuldade de locomoção de portadores de necessidades especiais e o tráfego de veículo. O problema da mobilidade urbana está relacionado com a concentração populacional nos centros urbanos e pela falta de infraestrutura governamental. A ausência do Estado em relação à infraestrutura afeta, especialmente, a locomoção de portadores de portadores com necessidades especiais.

Você citou Thomas More para sustentar o ideário utópico e isso é importante, mas não esqueça de correlacionar com fatores históricos e com seu conhecimento de mundo.

Desenvo
Precipuamente, é válido pontuar que problemas de acessibilidade estão diretamente ligados à mobilidade urbana que [1] deriva da baixa atuação dos setores governamentais. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o estado é responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, isso não ocorre no Brasil. Devido à falta de atuação das autoridades, não há planejamento e aplicação de medidas inclusivas adequadas, como calçadas com rampas, locais com corrimão e transporte adaptado. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.

Comentário:
[1] Justaposição de orações. Tente trocar o "que" pelo o "e".
Nesse parágrafo você detalhou melhor a relação entre mobilidade urbana e a locomoção de portadores de necessidades especiais. Explicitou os desafios para solucionar o primeiro problema defendido na sua tese.

Desenvolvimento 2:
Ademais, é imperativo ressaltar outro problema na comum rotina de excesso de automóveis durante o dia. Tudo isso retarda a resolução do empecilho, já que a falta de infraestrutura gerou uma super lotação nas ruas, resultando em um trânsito lento, estressante e perigoso que contribui para a perpetuação desse quadro deletério.

Comentário: Neste parágrafo você perdeu a oportunidade de defender a sua tese quanto ao tráfego de veículo. O problema está relacionado com o excesso de veículos particulares; com a falta de alternativas de transporte público (trem, metrô e VLT), com falta de investimento em ciclovias e etc. Deve embasar a argumentação com dados sobre a quantidade de veículo por pessoa ou qualquer outra que favoreça a sua tese.

Conclusão:
Assim, medidas são necessárias para conter o avanço da problemática na sociedade brasileira. Necessita-se que, urgentemente, o Tribunal de Contas da União direcione capital [2] que aplique as verbas destinadas aos transportes [3] e invista em projetos com acessibilidade, garantindo, assim, [4] uma adaptação dos meios e demais vias de locomoção. Além disso, é fundamental que o Governo Federal invista em ampliações com infraestrutura adequada para a realização do procedimento nos principais centros urbanos de cada estado. Desse modo, em médio e longo prazo a coletividade alcançará a Utopia de More.

[2] Ministério da Infraestrutura.
[3] Especifique que tipo de transporte.
[4] Deve-se separar por vírgula conjunção conclusiva.


Comentário: Você tem ótimo domínio da língua escrita e tem poucos desvios gramaticais. Não tenho o que falar, porém precisa elaborar uma argumentação forte. Na conclusão, conseguiu elaborar um projeto intervenção que contemplasse a sua tese. Desta forma, cumpriu com os requisitos necessários .

Aguardo seus comentários!

jherodrigues anjo corrige essa pra mim tamb&eac[…]

GlendaMorais , oi! No filme “ Poetas da L[…]

Muito obrigada anjo, ajudou sim, errando e aprende[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM