Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#39794
No Brasil, o direito à saúde foi uma conquista da Reforma Sanitária, a qual refletiu na criação do Sistema Único de Saúde (SUS) pela Constituição Federal de 1988, cujo artigo 196 dispõe que “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação”. No entanto, a falta de um ensino humanizado e a desinformação dos indivíduos corroboram a precariedade nos cuidados com a saúde mental dos cidadãos. À vista disso, visto que tal descuido reforça a ansiedade entre os adolescentes e aumenta os casos de suicídio na sociedade, medidas devem ser tomadas urgentemente.
Em primeiro lugar, parafraseando o filósofo alemão Immanuel Kant, “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele”, ou seja, é papel da Escola, além de cultivar o intelectual dos estudantes, formar cidadãos mentalmente saudáveis. Não obstante, pelo foco exclusivo na aprovação universitária, as escolas implantam métodos de ensino mecanizados, a fim de obter a maior produtividade efetiva dos alunos, em detrimento de um ensino humanizado que equilibre a saúde e o desempenho dos jovens. Dessa forma, essa falta de cuidados com a saúde mental dos estudantes reforça os casos de ansiedade no meio escolar, os quais se mostram recorrentes por conta da preocupação excessiva com as provas seletivas, da rotina frenética de estudos e da alta cobrança por parte das instituições de ensino.
Ademais, de acordo com o filósofo grego Sócrates, “Existe apenas um bem, o conhecimento, e um mal, a ignorância”, logo a ignorância dos cidadãos em relação à saúde mental é um mal para sociedade pois impede o cuidado das pessoas que sofrem com doenças mentais, como a depressão. Nesse sentido, a depressão, por exemplo, é encarada como frescura, drama ou tristeza passageira pelos indivíduos ignorantes, os quais não têm o conhecimento, cientificamente comprovado, que a depressão é uma doença proveniente do desequilíbrio químico cerebral. Consequentemente, essa falta dos cuidados com a saúde mental da população ocasiona o suicídio de muitos cidadãos que sofrem com a depressão.
Infere-se, portanto, que providências devem ser tomadas para que haja um maior cuidado com a saúde mental dos brasileiros. Para tanto, o Governo, como instância máxima de administração executiva, deve, por meio do Ministério da Saúde, promover frequentes campanhas de conscientização da nação referentes à importância da saúde mental e dos cuidados com os doentes mentais, a fim de transmitir esse conhecimento por todo Brasil e combater a ignorância dos indivíduos sobre o tema. Por fim, as Escolas, tanto públicas como privadas, devem, por meio de estratégias de ensino, dinâmicas pedagógicas e acompanhamentos psicológicos, implantar um ensino humanizado, para que os jovens estudantes sejam preparados para o vestibular sem abrir mão do bem-estar pessoal e da sua saúde mental. Com isso, os casos de suicídio, depressão e ansiedade vão vivenciar uma queda crucial no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Falta de segurança no Brasil

Promulgada pela ONU em 1948, a declaraç&ati[…]

Ashiley Muito obrigado por ter corrigido!

As fakes news, são as notícias falsa[…]

Com a descoberta do coronavírus em Wuhan, c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM