• Avatar do usuário
#63944
A xenofobia no Brasil gera vários embates na sociedade, um exemplo bem conhecido no mundo foi o sofrimento dos judeus na Alemanha Nazista. A preconceito vivido no período nazista é verificado nos casos de xenofobia com refugiados, que é retrata esses indivíduos como inferiores aos habitantes locais. Nesse sentido, observa-se um delicado problema, que tem como causa a sensação de superioridade dos nativos e a insuficiência legislativa.
Em primeira análise, a sensação de superioridade um desafio presente no problema. Porém, há um silenciamento instaurado, na questão do preconceito contra os refugiados, visto que a população os olha com indiferença e os acham indignos de desfrutar da mesma maneira o mesmo ambiente. Assim, urge tirar essa situação da invisibilidade para tua sobre ela, como defende a pensadora Djamila Ribeiro.
Outrossim, a insuficiência legislativa é um entrave no que tange ao óbice. Tal constatação é nítida no crescimento dos casos, visto que entre 2014 e 2015 houve um aumento de aproximadamente 630% de registros recebidos pela SEDH, porém poucas dessas notificações são resolvidas. Assim, inverter a lógica e colocar os valores humanos em primeiro lugar é urgente.
Portanto, é imprescindível atuar sobre esse problema. Por isso, o poder público deve criar políticas públicas, por meio de investimentos no debate sobre xenofobia com refugiados no Brasil, a fim de reverter a insuficiência legislativa que impera. Tal ação pode, ainda contar com programações públicas, como: palestras, programas de TV entre outros, afim de concientizar a população. Paralelamente, é preciso intervir sobre a sensação de superioridade presente entre os moradores presentes no problema. Por conseguinte, será possível tornar os preceitos da declaração universal dos direitos humanos uma realidade mais próxima.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Na obra de origem australiana, “A Menina que[…]

Segundo o filósofo e matemático fra[…]

zgabiruLGD , Disponha!

Oiii alguém poderia corrigir minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM