• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#75288
A Consolidação de leis trabalhistas, cuja sigla é CLT, regulamenta as relações trabalhistas tanto no trabalho urbano quanto no rural, prevê também ao cidadão o direito á dignidade, remuneração justa e a segurança do operário. Todavia, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa o trabalho escravo no Brasil na atualidade, dificultando a universalização desse direito social tão importante. Nesse sentido, tal questão não sera revolucionada enquanto houver a negligência governamental e a falta de informação por parte da população.
Em primeira análise, faz-se necessário mencionar que a negligência do Governo se torna um graduante para a problemática, uma vez que não se toma medidas para criar mecanismos que combatam tais recorrências. Dessa forma é indubitável que a falta de iniciativas contribua com o aumento de casos de trabalho escravo na atualidade brasileira. Essa conjuntura, segundo o filósofo John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", pois o Estado não cumpre sua função de garantir o bem-estar do povo. Em virtude a isso, faz-se preciso a mudança estatal urgentemente.
Em paralelo, cabe-se ressaltar que a falta de informação é um grande pulsionador para a dificuldade. Nesse âmbito é lícito referenciar o filósofo grego, Platão, que em sua obra á República narrou o intitulado "mito da caverna", conta a história em que homens acorrentados em uma caverna, viam somente sombras na parede acreditando que àquilo era a verdadedas coisas. Em situação análoga á metáfora, a população sem acesso ao conhecimento acerca das questões relacionadas ao trabalho escravo no país vivem na escuridão, isto é, ignorância, consequentemente causando o silenciamento e a normalização do obstáculo, já que não têm entendimento sobre o assunto. Logo, haja vista que a falta de informação prejudica o desenvolvimento da nação, há necessidade de combater esse imbróglio.
Portanto, algo precisa ser feito com urgência para amenizar a questão. Desse modo é imprescindível que o Governo por meio do Ministério Legislativo, criem monitoramento e palestras em regiões afetadas, para que a recorrência diminua será necessário que, tai monitoramentos sejam feitos por profissionais qualificados, onde há recorrências de trabalho escravo, no intuito de finalizar o óbice. Assim será possível que o "contrato social" se concretize.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#75320
Olá @LariRsantos. Aqui está minha correção

A [1]Consolidação de leis trabalhistas, cuja sigla é CLT, regulamenta as relações trabalhistas tanto no trabalho urbano quanto no rural, prevê também ao cidadão o direito [2]á dignidade, remuneração justa e a segurança do operário. Todavia, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa o trabalho escravo no Brasil na atualidade, dificultando a universalização desse direito social tão importante. Nesse sentido, tal questão não [2]sera revolucionada enquanto houver a negligência governamental e a falta de informação por parte da população.

[1] – Escreva esse termo com letra maiúscula
[2] – Falta de acentuação/acento utilizado de forma incorreta
- Reescrevendo a parte sublinhada:
“A Consolidação de Leis Trabalhistas, cuja sigla é CLT, regulamenta as relações trabalhistas tanto no trabalho urbano quanto no rural, assegurando ao cidadão o direito à dignidade, remuneração justa e a segurança do operário. Todavia, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa o trabalho escravo no Brasil atual, dificultando a universalização desse direito social tão importante”.


Em primeira análise, faz-se necessário mencionar que a negligência do Governo se torna um [3]graduante para a problemática, uma vez que não se toma medidas para criar mecanismos que combatam tais recorrências. Dessa forma[4] é indubitável que a falta de iniciativas contribua com o aumento de casos de trabalho escravo na atualidade brasileira. Essa conjuntura, segundo o filósofo John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", pois o Estado não cumpre sua função de garantir o bem-estar do povo. Em virtude[5] a isso, faz-se preciso a mudança estatal urgentemente.

[3] – Só uma observação: Não recomendo utilizar termos que não existam no dicionário tradicional, pois o corretor pode achar que você criou um termo apenas para “tapar” algo no parágrafo. Além disso, eles podem ler com outro sentido, fazendo com que seu texto tome um rumo totalmente diferente.
[4] – Falta de vírgula
[5] – Substitua “Em virtude a isso” por “Em virtude disso”


Em paralelo, cabe-se ressaltar que a falta de informação é um grande[3]pulsionador para a dificuldade. Nesse âmbito[4] é lícito referenciar o filósofo grego[6] , Platão, que em sua obra [7]á República narrou o intitulado "mito da caverna", conta a história em que homens acorrentados em uma caverna,[6] viam somente sombras na parede acreditando que àquilo era a verdadedas coisas. Em situação análoga [2]á metáfora, a população sem acesso ao conhecimento acerca das questões relacionadas ao trabalho escravo no país [8]vivem na escuridão, isto é, ignorância[6], consequentemente causando o silenciamento e a normalização do obstáculo, já que não têm entendimento sobre o assunto. Logo, [9]haja vista que a falta de informação prejudica o desenvolvimento da nação, há necessidade de combater esse imbróglio.

[6] – Vírgula de forma incorreta
[7] – Quando citar um livro/filme/série, coloque entre aspas
[8] – Erro de concordância
[9] – Após usar um conectivo com sentido de conclusão/explicação, tente escrever diretamente o que você planeja, sem utilizar outro conectivo após ele.
- Reescrevendo a parte sublinhada:
“Nesse sentido, é lícito referenciar o filósofo grego Platão, que em sua obra “A República” narrou o intitulado “Mito da Caverna”, onde homens acorrentados em uma caverna enxergam apenas sombras nas paredes, acreditando que aquilo era a verdade das coisas. Em situação análoga à metáfora, a população, sem acesso ao conhecimento acerca das questões relacionadas ao trabalho escravo no país, vive na escuridão, ou seja, na ignorância, consequentemente, promovendo o silenciamento e a normalização desse obstáculo, já que não têm entendimento sobre o assunto. Logo, observando a falta de informação como um empecilho para o desenvolvimento da nação, é necessário combater esse imbróglio”.


Portanto, algo precisa ser feito com urgência para amenizar a questão. [10]Desse modo[4] é imprescindível que o Governo[4] por meio do [11]Ministério Legislativo, [8]criem monitoramento e palestras em regiões afetadas, para que a[12]recorrência [8]diminua[13] será necessário que, tai monitoramentos sejam feitos por profissionais qualificados, onde há recorrências de trabalho escravo, no intuito de finalizar o óbice. Assim[4] será possível que o [7]"contrato social" se concretize.

[10] – Antes de introduzir o agente de sua conclusão, não recomendo utilizar um conectivo, e sim, termos como “Cabe”, “ Concerne” ou até cite o agente diretamente.
[11] – Esse meio que você utilizou é o “Poder Legislativo”, não um Ministério
[12] - “recorrência” deve ser substituído por “ocorrência”
[13] – Falta de ponto
- Quando você for retomar algo dito no texto, especialmente um repertório, sugiro que use aquele citado na introdução.
- Reescrevendo a parte sublinhada:
“É imprescindível que o Governo, por meio do Poder Legislativo, crie monitoramentos e palestras em regiões afetadas. Além disso, para que tais ocorrências diminuam, será necessário que tais monitoramentos sejam feitos por profissionais qualificados, em áreas com recorrência de trabalho escravo, no intuito de finalizar o óbice. Assim, será possível que o “Contrato Social” se concretize”

Anabia15 , PFVRR CORRIGE MINHA REDAÇ&Atild[…]

Olá, thayolivb . Aqui está a corre&[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM