• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#68339
Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX. Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros. Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados. Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence. Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

Portanto, é indispensável a adoção de medidas capazes de assegurar a resolução desse impasse. Desse modo, cabe ao Ministério da Educação - órgão governamental responsável por auxiliar as demandas educacionais no país -, juntamente ao Ministério da Saúde, desenvolver, através de eventos nas instituições de ensino, palestras com representantes da saúde mental, sobretudo, incluindo os pais, familiares e responsáveis nessas conversas abertas, com o objetivo de desmistificar os estigmas associados às doenças mentais, além de oferecer apoio aos jovens que se encontram enfermos e mentalmente confusos. Além disso, deve manter à disposição apoio psicológico nessas instituições, primordialmente, em áreas que se encontram em vulnerabilidade social. Somente assim, será possível desenvolver um corpo social que faça dos estudos de Durkheim e Tocqueville uma herança que permaneceu no passado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 195

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#68343
Olá, pessoal! Tudo bem? Espero que sim! Estou enviando essa redação e gostaria de receber as suas correções e opiniões. Se puderem me dar uma mãozinha, agradeço rs.
Abraços virtuais :D 🌻

@vitoriaca, @Willa, @Gi69, @LariLuiz, @LeighTeabing, @cassiahso, @Ashiley, @jheromagnoli

Quem não estiver mencionado e quiser contribuir, sinta-se à vontade. ;)
#68359
Oiii, tudo bem?
* lembrando que sou só uma aluna, então, estou sujeita a equívocos*

✍🏾✍🏾INTRODUÇÃO✍🏾✍🏾
✅[CITAÇÃO]Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX.✅[Tese] Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros.✅[PROJETO DE TSXTO] Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

🧐MELHOR, IMPOSSÍVEL.

✍🏾✍🏾D.1✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL]Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. ✅[REPERTÓRIO] De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". 🤔[EU NÃO ENTENDI MUITO BEM A RELAÇÃO COM O REPERTÓRIO, APESAR DE VOCÊ TER CONECTADO O PERÍODO A SEGUIR COM ELE. NA VERDADE, ACHO QUE TEM HAVER SIM, SÓ ACHO QUE VOCÊ PODERIA CONECTÁ-LO UM POUCO MELHOR OU EXPLICAR A CITAÇÃO MELHOR.] Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. ✅[CONSEQUÊNCIA]Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados. ✅[FINALIZAÇÃO]Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

🧐MUITO BOOM!!! Sobre a observação, talvez o problema seja eu. É que eu não compreendi muito bem a relação com o argumento.

✍🏾✍🏾D2✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL] Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. ✅[REPERTÓRIO] Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence. ✅[LINK DO REPERTÓRIO COM O ARGUNENTO]Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. ✅ [FINALIZAÇÃO]Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

✍🏾✍🏾CONCLUSÃO✍🏾✍🏾
NÃO VOU NEM COPIÁ-LA , POIS ESTÁ PERFEITA.
SÓ UMA OBSERVAÇÃO: NA MINHA OPINIÃO AQUELE "SOBRETUDO" NA CONCLUSÃO ESTÁ ESTRANHO. EU O REMOVERIA.


🥰GERAL: ESTÁ MUITO BOA SUA REDAÇÃO

BONS ESTUDOS!!!
#68360
Esqueci de dizer: Senti falta de uns conectivos no desenvolvimento.
Ps: Não sou boa em pontuar redação kkk
🤗🤗
#68364
OI, @chihirukiki!

É um prazer ter a oportunidade de corrigir uma redação tão bem construida como essa, sinceratamente. Apenas ressalto que ainda estou aprendendo e que, assim, sou passível de erros ;D

Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX. Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros. Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

-> Sua introdução foi impecável. A contextualização foi muito bem pensada e articulada com o tema, os conectivos foram muito bem inseridos, não há desvios gramaticais ou referentes à pontuação, bem como é notável que há a apresentação de sua tese. Perfeito!

Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados. Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

-> Aqui na D1 há uma clara sequência lógica maravilhosamente bem estruturada e muito bem correlacionada, sendo que esse parágrafo de argumentação manteve a mesma qualidade da introdução. No entanto, algo que gostaria de pontuar são as aspas no termo "Individualismo". No caso, elas estão ai apenas para ressaltar o termo ou porque essa palavra tem um sentido diferente do usual de acordo com o autor citado? Enfim, tirando essa minha dúvida, a D1, a meu ver, está impecável.

Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence. Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

-> Não consegui encontrar nenhum desvio, erro ou equívoco aqui na D2, tal como ocorreu na D1. Porém, ressalto que, talvez, seria melhor susbtituir o termo "imbróglio", logo no final do parágrafo, por outro mais recorrente e menos arcaíco, mas isso é só uma opinião minha mesmo, não há problemas em manter assim.

Portanto, é indispensável a adoção de medidas capazes de assegurar a resolução desse impasse. Desse modo, cabe ao Ministério da Educação - órgão governamental responsável por auxiliar as demandas educacionais no país -, juntamente ao Ministério da Saúde, desenvolver, através de eventos nas instituições de ensino, palestras com representantes da saúde mental, sobretudo, incluindo os pais, familiares e responsáveis nessas conversas abertas, com o objetivo de desmistificar os estigmas associados às doenças mentais, além de oferecer apoio aos jovens que se encontram enfermos e mentalmente confusos. Além disso, deve manter à disposição apoio psicológico nessas instituições, primordialmente, em áreas que se encontram em vulnerabilidade social. Somente assim, será possível desenvolver um corpo social que faça dos estudos de Durkheim e Tocqueville uma herança que permaneceu no passado.

-> Por fim, a conclusão apresenta agente, as ações a serem tomadas, explicou com clareza o modo como essas medidas seriam colocadas em prática bem como há um notório detalhamento acerca do principal agente citado e da inclusão da população no processo de conscientização a respeito da problemática. Muito bom mesmo.

Termino aqui minha análise, espero que tenha gostado dela tanto quanto gostei da sua redação ;D

Beijos 🌼
#68365
Ah, pontuei 180 na competência 3 porque achei que faltou explicar um pouco mais justamente o termo "individualismo" para poder relacionar melhor o repertório utilizado com o resto da argumentação ;)
#68398
@chihirukiki, Oie. Bom, vamos lá

Introdução:

Contextualização
Problematização
Tese

Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX. Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros. Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

Comentários: nossa, excelente. Sua contextualização conversa muito bem com o tema. Conectivos bem usados ("Nesse ínterim" é novo pra mim, rsrs. Anotado). Introdução perfeita ao meu ver.

Desenvolvimento 1:

Tópico frasal(retomada de um dos elementos da tese)
Repertório
Argumentação
Arremate

Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados.Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

Comentários: desenvolvimento excelente. A única coisa que creio que poderia melhorar é uma maior desenvolvimento, descrição do que seria o "Individualismo". Mas fora isso, está ótimo. Muito bom. :D

Desenvolvimento 2

Tópico frasal(retomada de um dos elementos da tese)
Repertório
Argumentação
Arremate

Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence.. Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

Comentários: não tenho muito o que dizer. Tudo em ordem aqui. Parabéns pelo vocabulário.

Conclusão

Portanto, é indispensável a adoção de medidas capazes de assegurar a resolução desse impasse. Desse modo, cabe ao Ministério da Educação - órgão governamental responsável por auxiliar as demandas educacionais no país -, juntamente ao Ministério da Saúde(AGENTE), desenvolver(AÇÃO), através de eventos nas instituições de ensino(MEIO/MODO), palestras com representantes da saúde mental, sobretudo, incluindo os pais, familiares e responsáveis nessas conversas abertas (DETALHAMENTO)., com o objetivo de desmistificar os estigmas associados às doenças mentais, além de oferecer apoio aos jovens que se encontram enfermos e mentalmente confusos. (FINALIDADE). Além disso, deve manter à disposição apoio psicológico nessas instituições(AÇÃO), primordialmente, em áreas que se encontram em vulnerabilidade social. Somente assim, será possível desenvolver um corpo social que faça dos estudos de Durkheim e Tocqueville uma herança que permaneceu no passado.


Conclusão maravilhosa ao meu ver. Completinha.
Ótima redação!

C1: 200
C2: 200
C3: 180 ( reduzi aqui por causa daquela observação acerca do "Individualismo")
C4: 200
C5: 200

Nota: 980

P.S: Não sou especialista em pontuar, então se outros usuários quiserem dizer se concordam ou não com a correção e nota ficaria grato. :D
#68400
LeighTeabing escreveu:@chihirukiki, Oie. Bom, vamos lá

Introdução:

Contextualização
Problematização
Tese

Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX. Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros. Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

Comentários: nossa, excelente. Sua contextualização conversa muito bem com o tema. Conectivos bem usados ("Nesse ínterim" é novo pra mim, rsrs. Anotado). Introdução perfeita ao meu ver.

Desenvolvimento 1:

Tópico frasal(retomada de um dos elementos da tese)
Repertório
Argumentação
Arremate

Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados.Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

Comentários: desenvolvimento excelente. A única coisa que creio que poderia melhorar é uma maior desenvolvimento, descrição do que seria o "Individualismo". Mas fora isso, está ótimo. Muito bom. :D

Desenvolvimento 2

Tópico frasal(retomada de um dos elementos da tese)
Repertório
Argumentação
Arremate

Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence.. Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

Comentários: não tenho muito o que dizer. Tudo em ordem aqui. Parabéns pelo vocabulário.

Conclusão

Portanto, é indispensável a adoção de medidas capazes de assegurar a resolução desse impasse. Desse modo, cabe ao Ministério da Educação - órgão governamental responsável por auxiliar as demandas educacionais no país -, juntamente ao Ministério da Saúde(AGENTE), desenvolver(AÇÃO), através de eventos nas instituições de ensino(MEIO/MODO), palestras com representantes da saúde mental, sobretudo, incluindo os pais, familiares e responsáveis nessas conversas abertas (DETALHAMENTO)., com o objetivo de desmistificar os estigmas associados às doenças mentais, além de oferecer apoio aos jovens que se encontram enfermos e mentalmente confusos. (FINALIDADE). Além disso, deve manter à disposição apoio psicológico nessas instituições(AÇÃO), primordialmente, em áreas que se encontram em vulnerabilidade social. Somente assim, será possível desenvolver um corpo social que faça dos estudos de Durkheim e Tocqueville uma herança que permaneceu no passado.


Conclusão maravilhosa ao meu ver. Completinha.
Ótima redação!

C1: 200
C2: 200
C3: 180 ( reduzi aqui por causa daquela observação acerca do "Individualismo")
C4: 200
C5: 200

Nota: 980

P.S: Não sou especialista em pontuar, então se outros usuários quiserem dizer se concordam ou não com a correção e nota ficaria grato. :D
Percebi que acabei errando as cores do repertório e arremate na D1, perdão. Acho que você entendeu mesmo assim :mrgreen:
#68416
Gi69 escreveu:Oiii, tudo bem?
* lembrando que sou só uma aluna, então, estou sujeita a equívocos*

✍🏾✍🏾INTRODUÇÃO✍🏾✍🏾
✅[CITAÇÃO]Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX.✅[Tese] Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros.✅[PROJETO DE TSXTO] Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

🧐MELHOR, IMPOSSÍVEL.

✍🏾✍🏾D.1✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL]Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. ✅[REPERTÓRIO] De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". 🤔[EU NÃO ENTENDI MUITO BEM A RELAÇÃO COM O REPERTÓRIO, APESAR DE VOCÊ TER CONECTADO O PERÍODO A SEGUIR COM ELE. NA VERDADE, ACHO QUE TEM HAVER SIM, SÓ ACHO QUE VOCÊ PODERIA CONECTÁ-LO UM POUCO MELHOR OU EXPLICAR A CITAÇÃO MELHOR.] Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. ✅[CONSEQUÊNCIA]Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados. ✅[FINALIZAÇÃO]Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

🧐MUITO BOOM!!! Sobre a observação, talvez o problema seja eu. É que eu não compreendi muito bem a relação com o argumento.

✍🏾✍🏾D2✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL] Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. ✅[REPERTÓRIO] Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence. ✅[LINK DO REPERTÓRIO COM O ARGUNENTO]Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. ✅ [FINALIZAÇÃO]Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

✍🏾✍🏾CONCLUSÃO✍🏾✍🏾
NÃO VOU NEM COPIÁ-LA , POIS ESTÁ PERFEITA.
SÓ UMA OBSERVAÇÃO: NA MINHA OPINIÃO AQUELE "SOBRETUDO" NA CONCLUSÃO ESTÁ ESTRANHO. EU O REMOVERIA.


🥰GERAL: ESTÁ MUITO BOA SUA REDAÇÃO

BONS ESTUDOS!!!


Oiiii, @Gi69! Eu adorei a sua correção, de verdade! Sempre irei marca-la nos meus textos ❤️
Sobre as observações: a minha intenção era exemplificar na argumentação o termo de Alex de Tocqueville, já que esse pensamento dele diz respeito a essa postura não cidadã de pensar apenas nos próprios interesses, mas fazendo uma releitura, após suas observações e dos outros colegas, reconheço que não ficou como eu havia planejado na minha cachola.

Sobre os conectivos e recursos coesivos, usei 9 no D1 e 7 no D2. Acredito que não faria sentido adicionar mais.
Mais uma vez, obrigada pela disponibilidade! Assim que possível, passo na sua e deixo a minha! (Ando maluca de tantas coisas para estudar :cry: )
#68417
chihirukiki escreveu:
Gi69 escreveu:Oiii, tudo bem?
* lembrando que sou só uma aluna, então, estou sujeita a equívocos*

✍🏾✍🏾INTRODUÇÃO✍🏾✍🏾
✅[CITAÇÃO]Na obra literária "O Suicídio", escrita pelo sociólogo francês Émile Durkheim, o autor traça os paralelos entre a responsabilidade dos diversos atores sociais diante da crescente onda de suicídios vivenciada na sociedade do século XIX.✅[Tese] Nesse ínterim, o fenômeno social do suicídio se mostra uma nefasta realidade que perdura hodiernamente entre os jovens brasileiros.✅[PROJETO DE TSXTO] Nesse contexto, torna-se evidente um grave problema, influenciado pela pressão constante para atender às expectativas de todos, bem como pela ausência do apoio familiar.

🧐MELHOR, IMPOSSÍVEL.

✍🏾✍🏾D.1✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL]Convém ressaltar, a princípio, que os jovens atualmente vivem reféns da pressão exorbitante exercida pela coletividade. ✅[REPERTÓRIO] De acordo com o filósofo Alex de Tocqueville, a população está envolta no "Individualismo". 🤔[EU NÃO ENTENDI MUITO BEM A RELAÇÃO COM O REPERTÓRIO, APESAR DE VOCÊ TER CONECTADO O PERÍODO A SEGUIR COM ELE. NA VERDADE, ACHO QUE TEM HAVER SIM, SÓ ACHO QUE VOCÊ PODERIA CONECTÁ-LO UM POUCO MELHOR OU EXPLICAR A CITAÇÃO MELHOR.] Dessa forma, a parcela imatura sofre com a constante e egoísta imposição que é jogada sobre suas cabeças, como, por exemplo: a escolha de uma boa profissão, sua orientação sexual, bem como a exigência de manter-se com notas inabalavelmente altas, e ainda assim, performar padrões estéticos e comportamentais que sejam vistos como aceitáveis pela maioria. ✅[CONSEQUÊNCIA]Todavia, as necessidades e estado mental desses indivíduos não são considerados. ✅[FINALIZAÇÃO]Logo, a escassez de empatia junto a excedente cobrança contribui para a permanência do suicídio como um impasse.

🧐MUITO BOOM!!! Sobre a observação, talvez o problema seja eu. É que eu não compreendi muito bem a relação com o argumento.

✍🏾✍🏾D2✍🏾✍🏾
✅[TÓPICO FRASAL] Em segundo plano, a ausência de apoio familiar nos lares desses indivíduos corrobora para com a problemática. ✅[REPERTÓRIO] Ainda citando Durkheim, o "Suicídio Egoísta" se caracteriza quando o acometido percebe um distanciamento crescente para com o coletivo e os grupos ao qual pertence. ✅[LINK DO REPERTÓRIO COM O ARGUNENTO]Constantemente, os adolescentes se encontram sozinhos para lidarem com as adversidades - tendo em vista o complexo período da maturação cerebral e puberdade -, consequentemente, desenvolvendo enfermidades psicológicas, que sem aparato dos familiares e responsáveis, que não auxiliam na busca por um devido tratamento, resultam na desistência pela própria vida. ✅ [FINALIZAÇÃO]Sobretudo, como supracitado, a frequente incidência de coerção e imposições por parte desses - que em teoria, deveriam cumprir o papel de acolhimento - favorece o imbróglio.

✍🏾✍🏾CONCLUSÃO✍🏾✍🏾
NÃO VOU NEM COPIÁ-LA , POIS ESTÁ PERFEITA.
SÓ UMA OBSERVAÇÃO: NA MINHA OPINIÃO AQUELE "SOBRETUDO" NA CONCLUSÃO ESTÁ ESTRANHO. EU O REMOVERIA.


🥰GERAL: ESTÁ MUITO BOA SUA REDAÇÃO

BONS ESTUDOS!!!


Oiiii, @Gi69! Eu adorei a sua correção, de verdade! Sempre irei marca-la nos meus textos ❤️
Sobre as observações: a minha intenção era exemplificar na argumentação o termo de Alex de Tocqueville, já que esse pensamento dele diz respeito a essa postura não cidadã de pensar apenas nos próprios interesses, mas fazendo uma releitura, após suas observações e dos outros colegas, reconheço que não ficou como eu havia planejado na minha cachola.

Sobre os conectivos e recursos coesivos, usei 9 no D1 e 7 no D2. Acredito que não faria sentido adicionar mais.
Mais uma vez, obrigada pela disponibilidade! Assim que possível, passo na sua e deixo a minha! (Ando maluca de tantas coisas para estudar :cry: )

Ah, e a dica do "sobretudo", realmente ficou esquisito :? Na hora pensei em dar ênfase na presença dos pais, mas não ficou tão legal mesmo.

Muito se tem discutido, recentemente, acerca das d[…]

nycolas2005 , muito obrigada, fico feliz pela cor[…]

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio &aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM