Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#54702
Na série televisiva *Os 13 porquês*, Hannah Baker era uma adolescente que estava ingressada no ensino médio. Entretanto, ao longo da sua trajétoria estudantil, alguns problemas a fizeram cometer suicídio. Atualmente, é comum os casos de jovens que tiraram a sua própria vida em razão de transtornos como: ansiedade e depressão. Nesse contexto, é notório que essa problemática se tornou recorrente devido a falta de diálogo familiar e a negligência nas escolas.
Decerto, alguns familiares ainda possuem preconceitos em razão dos distúrbios psicológicos e acabam irreconhecendo alguns sinais. No ano de 2019, uma ex participante mirim do progama *Raul Gil*, cometeu suicídio. Os seus responsáveis relataram que a garota não apresentava sinais de desânimo. Sob essa ótica, é possível notar que a falta de diálogo ente pais e filhos é um grande desafio a ser enfrentado, tal fato pode ser evitado se houvesse menos *tabus* e mais conversas, pois alguns portadores da doença apresentam sinais silenciosos. Dessa forma, a falta de apoio dos responsáveis corrabora para a depressão, impulsionando o suicídio.
Ademais, o meio educacional ainda possuí insuficiência em relação aos transtornos psicológicos. Principalmente, nas escolas públicas, os alunos ainda não possuem um acompanhamento adequado. No filme *coringa*, o personagem possuí uma doença psicológica, mas por falta de verbas públicas, tal fato foi diligênciado. Sob essa pespectiva, esse problema existe por conta da negligência, muitos jovens morrem sem passar por nenhum acompanhamento. Logo, a garantia de igualdade no pais não é aplicada na prática, medidas cabíveis devem ser tomadas.
Portanto, para resolver esse impasse, é mister que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. Para enfrentar esse problema, urge que o ministério da educação implemente, por meio de fundos, um progama que atue nas escolas orientando os pais e alunos, com profissionais adequados. Somente assim, será possível alterar esse porcentual de mortes entre jovens e adolescentes. Assim, diferente de Hannah Baker, os jovens não terão os *porquês* para se suicidarem.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Devido ao avanço da Covid-19 no começ[…]

O adolescente A maioria dos cidadãos brasil[…]

Grupos whatsapp e telegram

Pessoal vcs que querem entrar no grupo do whats eu[…]

ALIMENTAÇÃO Conforme o fil&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM