Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por vi221923
#38268
No contexto atual, o Japão é destaque no que se refere a desenvolvimento e evolução, todavia, o país em questão está no ranking dos países com mais índice de suicídio no mundo. Infelizmente, o Brasil também convive com esse impasse, o que torna-se de suma importância analisar uma das suas principais causas: a fragilidade das relações humanas, que por conseguinte prejudica a saúde mental com distúrbios psiquiátricos graves.

É preciso considerar, antes de tudo, a fragilidade das relações humanas como um elemento propulsor da problemática. O sociólogo Zygmunt Bauman, nomeava as interações sociais pouco duradouras e incertas de “relações líquidas”. Similarmente, isso aplica-se no contemporâneo, visto que a facilidade que a tecnologia trouxe para com a comunicação, contribuiu para que as pessoas tivessem dificuldade em ter empatia, que é um importante elemento para a criação de laços sociais.

Sob esse viés, os distúrbios psicológicos fomenta ainda mais a situação. O seriado norte-americano “13 Reasons Why”, apresenta dramaticamente o desenvolvimento do quadro mental da protagonista, que opta pelo suicídio, depois de sofrer fortes impactos na vida pessoal, causadas pela forte falta de empatia na sociedade. Infortunadamente, vários casos assemelham-se com a obra, no que diz respeito ao estado emocional dos indivíduos, vítimas dos problemas da vida. Um dos sintomas mais frequentes são: ansiedade e a avassaladora depressão, ocasionando, mais tarde, o atentado a própria vida em busca de salvamento.

Portanto, o suicídio em questão no Brasil é um problema sério e necessita de solução. Para tal, o Ministério da Saúde – órgão responsável por assegurar e proteger a saúde da população brasileira -, em parceria com universidades que contenham cursos de psicologia, disponibilize sessões gratuitas de terapia, por meio de psicólogos residentes – em troca de pontos extras curriculares -, com o fito de ajudar e diminuir o número de indivíduos que sofrem na saúde mental, e posteriormente erradicar o suicídio no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#38616
vi221923 escreveu:@Ashiley , vi que você também corrige redações, será que poderia corrigir a minha? Agradeço desde já :D
Claro!
#38904
CORREÇÃO DE REDAÇÃO

TEMA: O suicídio em questão no Brasil
Por @vi221923

Legenda:
erro
correção/sugestão/questionamento
repetição
comentários
elementos da proposta de intervenção


INTRODUÇÃO
❝No contexto atual, o Japão é destaque no que se refere a desenvolvimento e evolução, todavia, o país em questão está no ranking dos países com mais maior índice de suicídio no mundo. Infelizmente, o Brasil também convive com esse impasse(como você sabe disso?), o que torna-se de suma importância analisar uma das suas principais causas: a fragilidade das relações humanas, que, por conseguinte, prejudica a saúde mental com distúrbios psiquiátricos graves.❞
Comentários: Ao meu ver o seu repertório não ficou muito pertinente e nem proveitoso. Você diz que o Japão (país desenvolvido) está no ranking dos países com maior índice de suicídio do mundo e o Brasil (país em desenvolvimento) sofre também com esse impasse, mas como você comprova isso? E qual a relação de um país desenvolvido e um país em desenvolvimento nessa questão do suicídio? Senti que ficou uma lacuna aí.

DESENVOLVIMENTO 1
❝É preciso considerar, antes de tudo, a fragilidade das relações humanas como um elemento propulsor da problemática. O sociólogo Zygmunt Bauman, nomeava as interações sociais pouco duradouras e incertas de “relações líquidas”. Similarmente, isso aplica-se no[1] contemporâneo, visto que a facilidade que a tecnologia trouxe para com a comunicação, contribuiu para que as pessoas tivessem dificuldade em ter empatia, que é um importante elemento para a criação de laços sociais.❞
[1] Faltou alguma palavra ali. Colocar só "no contemporâneo" está errado. "Contemporâneo" é um adjetivo, então precisa de um substantivo antes dele. Ex: "No Brasil contemporâneo".
Comentários: O tema central do parágrafo é a fragilidade das relações humanas, então, a pergunta a ser respondida é: como e por que essa fragilidade contribui com o problema? Você diz que isso ocorre devido à facilidade que a tecnologia trouxe para a comunicação e que isso contribuiu com a falta de empatia, ok, é válido, mas ficou vago demais. Percebi que você não focou no suicídio em si, falou apenas das relações humanas. No entanto, por que e como a fragilidade das relações contribuem com o suicídio? É por que as pessoas se sentem sozinhas? Por que não há mais relações cara a cara como antigamente? Hoje em dia tudo é feito pela internet, não é? Como isso contribui com o suicídio?

DESENVOLVIMENTO 2
❝Sob esse viés, os distúrbios psicológicos fomenta fomentam ainda mais a situação. [conectivo] O seriado norte-americano “13 Reasons Why”, apresenta dramaticamente o desenvolvimento do quadro mental da protagonista, que opta pelo suicídio, depois de sofrer fortes impactos na vida pessoal, causadas pela forte falta de empatia na sociedade. Infortunadamente, vários casos assemelham-se com a obra, no que diz respeito ao estado emocional dos indivíduos, vítimas dos problemas da vida. [conectivo] Um dos sintomas mais frequentes são: ansiedade e a avassaladora depressão, ocasionando, mais tarde, o atentado a à própria vida em busca de salvamento[2].❞
[2] Você disse: "um dos sintomas mais frequentes", mas apresentou dois sintomas (ansiedade e depressão).
Obs: O seriado é norte-americano, então, faltou você trazer para o contexto brasileiro quando fez a relação do repertório com o tema.
Comentários: O seu repertório é muito bom, pertinente ao tema, mas ocupou muito espaço no parágrafo. Você diz que há vários casos parecidos com o da série no que diz respeito ao emocional dos indivíduos vítimas dos problemas da vida, ok, mas por que exatamente isso acontece? E como isso leva as pessoas a terem distúrbios psicológicos?

CONCLUSÃO
❝Portanto, o suicídio em questão no Brasil é um problema sério e necessita de solução. Para tal, o Ministério da Saúde(agente) – órgão responsável por assegurar e proteger a saúde da população brasileira(detalhamento do agente) -, em parceria com universidades que contenham cursos de psicologia, disponibilize sessões gratuitas de terapia(ação), por meio de psicólogos residentes – em troca de pontos extras curriculares -(meio), com o fito de ajudar e diminuir o número de indivíduos que sofrem na saúde mental, e posteriormente erradicar o suicídio no país(finalidade).❞

Comentários: A sua proposta está completa, parabéns.

Espero que eu tenha te ajudado de alguma forma. Aguardo mais redações! ;)
#38928
Anna1 escreveu:CORREÇÃO DE REDAÇÃO

TEMA: O suicídio em questão no Brasil
Por @vi221923

Legenda:
erro
correção/sugestão/questionamento
repetição
comentários
elementos da proposta de intervenção


INTRODUÇÃO
❝No contexto atual, o Japão é destaque no que se refere a desenvolvimento e evolução, todavia, o país em questão está no ranking dos países com mais maior índice de suicídio no mundo. Infelizmente, o Brasil também convive com esse impasse(como você sabe disso?), o que torna-se de suma importância analisar uma das suas principais causas: a fragilidade das relações humanas, que, por conseguinte, prejudica a saúde mental com distúrbios psiquiátricos graves.❞
Comentários: Ao meu ver o seu repertório não ficou muito pertinente e nem proveitoso. Você diz que o Japão (país desenvolvido) está no ranking dos países com maior índice de suicídio do mundo e o Brasil (país em desenvolvimento) sofre também com esse impasse, mas como você comprova isso? E qual a relação de um país desenvolvido e um país em desenvolvimento nessa questão do suicídio? Senti que ficou uma lacuna aí.

DESENVOLVIMENTO 1
❝É preciso considerar, antes de tudo, a fragilidade das relações humanas como um elemento propulsor da problemática. O sociólogo Zygmunt Bauman, nomeava as interações sociais pouco duradouras e incertas de “relações líquidas”. Similarmente, isso aplica-se no[1] contemporâneo, visto que a facilidade que a tecnologia trouxe para com a comunicação, contribuiu para que as pessoas tivessem dificuldade em ter empatia, que é um importante elemento para a criação de laços sociais.❞
[1] Faltou alguma palavra ali. Colocar só "no contemporâneo" está errado. "Contemporâneo" é um adjetivo, então precisa de um substantivo antes dele. Ex: "No Brasil contemporâneo".
Comentários: O tema central do parágrafo é a fragilidade das relações humanas, então, a pergunta a ser respondida é: como e por que essa fragilidade contribui com o problema? Você diz que isso ocorre devido à facilidade que a tecnologia trouxe para a comunicação e que isso contribuiu com a falta de empatia, ok, é válido, mas ficou vago demais. Percebi que você não focou no suicídio em si, falou apenas das relações humanas. No entanto, por que e como a fragilidade das relações contribuem com o suicídio? É por que as pessoas se sentem sozinhas? Por que não há mais relações cara a cara como antigamente? Hoje em dia tudo é feito pela internet, não é? Como isso contribui com o suicídio?

DESENVOLVIMENTO 2
❝Sob esse viés, os distúrbios psicológicos fomenta fomentam ainda mais a situação. [conectivo] O seriado norte-americano “13 Reasons Why”, apresenta dramaticamente o desenvolvimento do quadro mental da protagonista, que opta pelo suicídio, depois de sofrer fortes impactos na vida pessoal, causadas pela forte falta de empatia na sociedade. Infortunadamente, vários casos assemelham-se com a obra, no que diz respeito ao estado emocional dos indivíduos, vítimas dos problemas da vida. [conectivo] Um dos sintomas mais frequentes são: ansiedade e a avassaladora depressão, ocasionando, mais tarde, o atentado a à própria vida em busca de salvamento[2].❞
[2] Você disse: "um dos sintomas mais frequentes", mas apresentou dois sintomas (ansiedade e depressão).
Obs: O seriado é norte-americano, então, faltou você trazer para o contexto brasileiro quando fez a relação do repertório com o tema.
Comentários: O seu repertório é muito bom, pertinente ao tema, mas ocupou muito espaço no parágrafo. Você diz que há vários casos parecidos com o da série no que diz respeito ao emocional dos indivíduos vítimas dos problemas da vida, ok, mas por que exatamente isso acontece? E como isso leva as pessoas a terem distúrbios psicológicos?

CONCLUSÃO
❝Portanto, o suicídio em questão no Brasil é um problema sério e necessita de solução. Para tal, o Ministério da Saúde(agente) – órgão responsável por assegurar e proteger a saúde da população brasileira(detalhamento do agente) -, em parceria com universidades que contenham cursos de psicologia, disponibilize sessões gratuitas de terapia(ação), por meio de psicólogos residentes – em troca de pontos extras curriculares -(meio), com o fito de ajudar e diminuir o número de indivíduos que sofrem na saúde mental, e posteriormente erradicar o suicídio no país(finalidade).❞

Comentários: A sua proposta está completa, parabéns.

Espero que eu tenha te ajudado de alguma forma. Aguardo mais redações! ;)

Muitíssimo obrigada pela sua atenção e paciência! Irei estudar mais para poder atacar todas as suas observações. Espero evoluir e entregar uma redação ainda melhor. Nós vemos na próxima!❤️
#38935
vi221923 escreveu:
Anna1 escreveu:CORREÇÃO DE REDAÇÃO

TEMA: O suicídio em questão no Brasil
Por @vi221923

Legenda:
erro
correção/sugestão/questionamento
repetição
comentários
elementos da proposta de intervenção


INTRODUÇÃO
❝No contexto atual, o Japão é destaque no que se refere a desenvolvimento e evolução, todavia, o país em questão está no ranking dos países com mais maior índice de suicídio no mundo. Infelizmente, o Brasil também convive com esse impasse(como você sabe disso?), o que torna-se de suma importância analisar uma das suas principais causas: a fragilidade das relações humanas, que, por conseguinte, prejudica a saúde mental com distúrbios psiquiátricos graves.❞
Comentários: Ao meu ver o seu repertório não ficou muito pertinente e nem proveitoso. Você diz que o Japão (país desenvolvido) está no ranking dos países com maior índice de suicídio do mundo e o Brasil (país em desenvolvimento) sofre também com esse impasse, mas como você comprova isso? E qual a relação de um país desenvolvido e um país em desenvolvimento nessa questão do suicídio? Senti que ficou uma lacuna aí.

DESENVOLVIMENTO 1
❝É preciso considerar, antes de tudo, a fragilidade das relações humanas como um elemento propulsor da problemática. O sociólogo Zygmunt Bauman, nomeava as interações sociais pouco duradouras e incertas de “relações líquidas”. Similarmente, isso aplica-se no[1] contemporâneo, visto que a facilidade que a tecnologia trouxe para com a comunicação, contribuiu para que as pessoas tivessem dificuldade em ter empatia, que é um importante elemento para a criação de laços sociais.❞
[1] Faltou alguma palavra ali. Colocar só "no contemporâneo" está errado. "Contemporâneo" é um adjetivo, então precisa de um substantivo antes dele. Ex: "No Brasil contemporâneo".
Comentários: O tema central do parágrafo é a fragilidade das relações humanas, então, a pergunta a ser respondida é: como e por que essa fragilidade contribui com o problema? Você diz que isso ocorre devido à facilidade que a tecnologia trouxe para a comunicação e que isso contribuiu com a falta de empatia, ok, é válido, mas ficou vago demais. Percebi que você não focou no suicídio em si, falou apenas das relações humanas. No entanto, por que e como a fragilidade das relações contribuem com o suicídio? É por que as pessoas se sentem sozinhas? Por que não há mais relações cara a cara como antigamente? Hoje em dia tudo é feito pela internet, não é? Como isso contribui com o suicídio?

DESENVOLVIMENTO 2
❝Sob esse viés, os distúrbios psicológicos fomenta fomentam ainda mais a situação. [conectivo] O seriado norte-americano “13 Reasons Why”, apresenta dramaticamente o desenvolvimento do quadro mental da protagonista, que opta pelo suicídio, depois de sofrer fortes impactos na vida pessoal, causadas pela forte falta de empatia na sociedade. Infortunadamente, vários casos assemelham-se com a obra, no que diz respeito ao estado emocional dos indivíduos, vítimas dos problemas da vida. [conectivo] Um dos sintomas mais frequentes são: ansiedade e a avassaladora depressão, ocasionando, mais tarde, o atentado a à própria vida em busca de salvamento[2].❞
[2] Você disse: "um dos sintomas mais frequentes", mas apresentou dois sintomas (ansiedade e depressão).
Obs: O seriado é norte-americano, então, faltou você trazer para o contexto brasileiro quando fez a relação do repertório com o tema.
Comentários: O seu repertório é muito bom, pertinente ao tema, mas ocupou muito espaço no parágrafo. Você diz que há vários casos parecidos com o da série no que diz respeito ao emocional dos indivíduos vítimas dos problemas da vida, ok, mas por que exatamente isso acontece? E como isso leva as pessoas a terem distúrbios psicológicos?

CONCLUSÃO
❝Portanto, o suicídio em questão no Brasil é um problema sério e necessita de solução. Para tal, o Ministério da Saúde(agente) – órgão responsável por assegurar e proteger a saúde da população brasileira(detalhamento do agente) -, em parceria com universidades que contenham cursos de psicologia, disponibilize sessões gratuitas de terapia(ação), por meio de psicólogos residentes – em troca de pontos extras curriculares -(meio), com o fito de ajudar e diminuir o número de indivíduos que sofrem na saúde mental, e posteriormente erradicar o suicídio no país(finalidade).❞

Comentários: A sua proposta está completa, parabéns.

Espero que eu tenha te ajudado de alguma forma. Aguardo mais redações! ;)

Muitíssimo obrigada pela sua atenção e paciência! Irei estudar mais para poder atacar todas as suas observações. Espero evoluir e entregar uma redação ainda melhor. Nós vemos na próxima!❤️
Por nada, aguardo sua próxima redação. :D

Atualmente, com o avanço do capitalismo, &e[…]

Depressão No Brasil.

No cenário social vigente, os caminhos para[…]

A homofobia no cenário escolar

A palavra homofobia significa a repulsa ou o preco[…]

Segundo o filósofo Sócrates, os erro[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM