Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Vivianebr
#38509
É notório que o número de suicídios no Brasil vêm se tornando cada vez mais alarmante nas últimas décadas , o que é preocupante. Ademais, uma das principais causas são o uso constante das redes sociais pois essas afetam de maneira profunda e invisível principalmente nos jovens. Destaca-se também a ausência de apoio emocional por parte de familiares. Nessa situação, cabe avaliar os fatores que favorecem o quadro.
Nesse contexto, nos últimos vinte e oito anos houve um aumento de 30% nos casos de suicídio no Brasil, principalmente entre os jovens. Dentre as causas que instigam tais atos sobressai a depressão, a desigualdade social e as redes sociais, pois essa última contribui de maneira silenciosa para o suicídio interferindo a fundo na mente de seus usuários levando-os a se comparar com outras pessoas, fazendo com que pensem que existe um "padrão de beleza" a ser seguido, causando então uma ideia de que são inferiores e consequentemente causando problemas psicológicos que propiciam o suicídio.
Somado a isso, as ações da prevenção á morte voluntária ainda são moderados e precisam de um reforço maior. Conforme a expansão do suicídio, fica cada vez mais evidente a escassez de ajuda para a contribuição com a melhora da saúde mental do indivíduo, principalmente dos familiares e amigos mais próximos pois eles tem um papel fundamental na vida pessoal do sujeito e precisam estar presente para que o mesmo se sinta apoiado e disposto a vencer tal desafio.
Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver o impasse. Logo, o ministério da saúde com a colaboração do poder legislativo e do poder judiciário poderá criar leis em prol de programas educacionais e campanhas sobre a saúde mental disponibilizando assistência com profissionais da área da psicologia e da terapia cognitiva comportamental tornando isso prioridade e obrigatoriedade na vida da sociedade, promovendo assim uma redução significativa na taxa de suicídio, melhorando não só a qualidade de vida como também uma mente saudável para lidar melhor com os problemas que surgirem durante sua existência.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Deixo alguns links que provavelmente irão t[…]

Maxuel Erros Correção […]

Fake News

Jaklyni , Obrigado pela correção

Sua nota ficou 560! Espero ter ajudado ;) Obriga[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM