Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58367
Na série televisiva norte-americana "Orange is the new black", que retrata a vida das presidiárias em uma cadeia pública, é evidente a indiferença do governo em relação aos cuidados básicos para a sobrevivência das detentas. De maneira análoga à obra, na realidade acontece o mesmo: devido às circunstâncias em que a população prisioneira está inserida, se envolvem cada vez mais no crime, o que revela a ineficiência do atual sistema.
Vale ressaltar, de início, que o principal fator que agrava o problema é o descaso por serem criminosos. Dessa forma o dinheiro destinado aos presidiários é muito baixo e a estrutura em que vivem é decadente: pouco espaço, muita umidade e pouca luminosidade. Ademais, estudos psicológicos apontam que o ambiente está diretamente ligado aos sentimentos dos seres vivos e prisões com essas características tendem a deixar os indivíduos mais violentos.
Em segundo plano, nota-se, que a superlotação nas cadeias é uma questão importante. Seguindo essa linha de raciocínio, geralmente, acontece um preconceito racial ou LGBTfóbico, que leva à prisão de um sujeito injustamente. Com isso, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística mostram que a maior parte da população carcerária é negra e muitas vezes inocente. Por consequência, sem nenhuma atividade a ser praticada e o grande número de presidiários aglomerados deixam-nos mais estressados.
Portanto, medidas são necessárias para conter a problemática. Logo, o governo deve melhorar a estrutura penitenciária e o sistema prisioneiro, tanto antes quanto depois de ingressá-lo, por meio de reformas nesse setor, com o intuito de cessar as prisões injustas e oferecer maior conforto aos detentos. Além disso, o governo deve ainda disponibilizar exercícios recreativos com acompanhamento psiquiátrico e psicológico, através de investimentos em quadras esportivas ou até mesmo em tintas para pinturas em quadros, com a finalidade de mantê-los ocupados e com boa sanidade mental. Nesse sentido, além de oferecer maior qualidade de vida aos penitenciários, também diminuirá o fluxo criminoso nas cadeias e nas cidades.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM