• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#77730
De acordo com o filósofo germânico Friedrich Hegel, “o Estado deve proteger seus filhos”. Entretanto, tal prerrogativa não tem se concretizado na prática, haja vista que o retorno às aulas presencias ainda em meio à pandemia de covid-19 gerou uma grande repercussão negativa por parte de pais e responsáveis. Nesse sentido, torna-se imprescindível a análise dos fatores que levam a esse quadro, tais como o imediatismo e a priorização de interesses financeiros.
Diante desse cenário, vale ressaltar a facilidade de transmissão do vírus, que em conjuntura com um sistema de saúde pública fragilizado, configura um cenário totalmente despreparado para a reocupação do ambiente escolar. Segundo dados do próprio governo, já foram registrados mais de 1000 casos de covid-19 em alunos e 700 em funcionários da rede estadual de São Paulo desde o retorno presencial. Sob esse viés, é evidente que a continuação das aulas será um forte agravante desses números, mesmo com todas as medidas de prevenção, que não são as melhores decisões para inibir o contágio, quando temos a possibilidade de ficar em casa.
Outrossim, é indubitável que os alunos não podem ficar todo esse período sem conteúdo, pois isso traria um prejuízo muito maior em questão de aprendizado. Sir Arthur Lewis, economista britânico, afirmou que a educação nunca foi despesa, e sim investimento com retorno garantido. Todavia, é notório que há uma falta de capacitação, tanto dos professores, quanto do governo, que não oferece boas condições para um sistema remoto de ensino. Esse cenário deve ser revertido com urgência, pois é inadmissível que essa postura do governo, em que estudantes e população são prejudicadas, continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de reverter esse impasse. Destarte, é coerente que o governo, em ação conjunta com as escolas, por meio do Ministério da Educação (MEC), suspenda as aulas presencias até que todos tenham a possibilidade de tomar as duas doses da vacina contra o covid-19. Ademais, é válido também o investimento em aprimoramento tecnológico, para que os professores possam ministrar suas aulas à distância, de modo que a proliferação do vírus seja contida, sem afetar a grade estudantil. Assim, o Estado conseguirá cuidar dos seus filhos, como disse Hegel, com saúde e educação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#77821
De acordo com o filósofo germânico Friedrich Hegel, “o Estado deve proteger seus filhos”. Entretanto, tal prerrogativa não tem se concretizado na prática, haja vista que o retorno às aulas presencias ainda em meio à pandemia de covid-19 gerou uma grande repercussão negativa por parte de pais e responsáveis. Nesse sentido, torna-se imprescindível a análise dos fatores que levam a esse quadro, tais como o imediatismo e a priorização de interesses financeiros.


Diante desse *cenário* , vale ressaltar a facilidade de transmissão do vírus, que em conjuntura com um sistema de saúde pública fragilizado, configura um *cenário* totalmente despreparado para a reocupação do ambiente escolar. Segundo dados do próprio governo, já foram registrados mais de 1000 casos de covid-19 em alunos e 700 em funcionários da rede estadual de São Paulo desde o retorno presencial. Sob esse viés, é evidente que a continuação das aulas será um forte agravante desses números, mesmo com todas as medidas de prevenção, que não são as melhores decisões para inibir o contágio, quando temos a possibilidade de ficar em casa.

Repetição da palavra "cenário" substituiria por ambiente/ meio.

Outrossim, é indubitável que os alunos não podem ficar todo esse período sem conteúdo, pois isso traria um prejuízo muito maior em questão de aprendizado. Sir Arthur Lewis, economista britânico, afirmou que a educação nunca foi despesa, e sim investimento com retorno garantido. Todavia, é notório que há uma falta de capacitação, tanto dos professores, quanto do governo, que não oferece boas condições para um sistema remoto de ensino. Esse cenário deve ser revertido com urgência, pois é inadmissível que essa postura do governo, em que estudantes e população são prejudicadas, continue a perdurar.

*Você poderia ter citado a Lei aprovada pela Câmara dos Dep. e pelo Senado, que foi vetada pelo presidente. A lei consiste em uma distribuição de acesso a internet e tablets foi feita pela DEP. Tábata do Amaral.*

Depreende-se, portanto, a necessidade de reverter esse impasse. Destarte, é coerente que o governo, em ação conjunta com as escolas, por meio do Ministério da Educação (MEC), suspenda as aulas presencias até que todos tenham a possibilidade de tomar as duas doses da vacina contra o covid-19. Ademais, é válido também o investimento em aprimoramento tecnológico, para que os professores possam ministrar suas aulas à distância, de modo que a proliferação do vírus seja contida, sem afetar a grade estudantil. Assim, o Estado conseguirá cuidar dos seus filhos, como disse Hegel, com saúde e educação.


@lmaia04, Foi uma redação muito boa, com uma argumentação pertinente. Sua conclusão ficou muito boa! Parabéns, continue praticando.
#77838
Olá!! Gostei muito da sua redação!! Mas se você me permite, há alguns pontos que gostaria de te ajudar. Na sua tese, foram escolhidos os argumentos "imediatismo" e "priorização de interesses financeiros". No entanto, a princípio, no seu segundo parágrafo (o seu desenvolvimento I) não ficou totalmente explícito a tese que você defende. Te recomendo fazer no início um tópico frasal, apresentando a tese que você iria argumentar. No seu terceiro parágrafo (desenvolvimento II), está bem explícito que a tese a ser argumentada seria a segunda tese. Parabéns!! Mas, tenho certeza que você poderia deixar o seu argumento mais consistente ainda!
Outro ponto é importante é a respeito de sua intervenção. Lembre-se, nela você tem que especificar o seguinte: 1- Agente; 2- Ação; 3-Meio; 4-Finalidade; 5- Detalhamento. A sua intervenção não apresenta todos esses elementos.
Outra coisa anjo, não se esqueça dos elementos que contribuem para a coerência e a coesão do seu texto.
Amei os repertórios que você utilizou, meus parabéns, mesmo!
Não desista, tenho certeza que o seu 1000 na redação irá sair! Espero ter ajudado, beijos <3

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

TEMA: Exploração trabalhista

GabiSantos eurodrigo anasilva1 Rayanne07 […]

willoliveira thayolivb , Jotaveh , walace […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM