• Avatar do usuário
#78094
Embora a Declaração Universal dos Direitos Humanos assegura a proteção particular e a dignidade humana para todos os indivíduos, constatar-se que, na sociedade brasileira contemporânea, não há cumprimento dessa garantia, principalmente no que se refere à segurança pública. Isso acontece devido à persistência da violência urbana, que está relacionada com a ineficácia da legislação e a precariedade da infraestrutura urbana.
É relevante ressaltar, primeiramente, que a execução da lei no Brasil, é insuficientemente exercida, especialmente em locais de baixa renda. Essa dinâmica, é configurada em lugares como subúrbios e periferias, já que segundo o Censo do G1, mais de 800 comunidades no país, não estão sobre o comando da legislação, e sim do tráfico e da criminalidade. Nesse sentido, é demonstrado que a pouca aplicação da lei tende a gravar a situação — dando espaço para persistência da violência e do crime.
Além disso, vale também destacar que a precariedade dos serviços básicos como o pouco acesso à educação e uma moradia digna, é um dos fatores que contribui para a perpetuação da indigência, sobretudo, da violência urbana. Isso é retratado no livro: “Se quiser mudar o mundo” de Sabrina Fernandes, o qual ilustra que a pouca disponibilidade de direitos sociais para os cidadãos, tende de ocasionar a continuidade de mais conjunturas e contradições na sociedade. Desse modo, é mostrado que a condição precária da infraestrutura urbana desencadeia diversos problemas que inflige a coletividade, sendo uma delas a violência no espaço urbano.
Por isso, deve ocorrer medidas que minimizam esses problemas. Para efetivar isso, é significativo que o Estado, por intermédio de investimentos econômicos, condicionar o melhoramento das infraestruturas dos patrimônios públicos, de modo que os cidadãos tenham os seus direitos garantidos. Ademais, é fundamental que a Secretária da Administração Federal, a partir de investimentos na segurança pública, melhorar a cooperação policial, de modo que seja diminuída a taxa de criminalidade no país. Sendo assim, que essas ações possam ser concretizadas, para que a violência urbana seja minimizada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Em 2019 a grave doença, Covid-19 se alastro[…]

"Chega de fui-fiu"

"Estão vestidas para matar", aque[…]

Geralmente, quando se comete um crime considerado […]

No Brasil, os desafios para a atenuaç&atild[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM