• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#77870
A massa populacional, ou seja, a grande maioria, sempre fora e é influenciada com facilidade, de fato, percebe-se isso através dos séculos, por exemplo pela influência nazista e comunista no Século XX. Diante disso, na conjuntura brasileira, destaca-se a intensa polarização e o comportamento “manada” – um indivíduo é influenciado pelos demais sem questionar – na questão política, na qual há uma esquerda e uma direita com ideais opostos, nesse confronto entre “lados” um descredibiliza o outro, formando uma polarização intensa. Esse aspecto tem como causa a ausência de um debate multilateral na mídia, assim como uma população má formada educacionalmente.

Em primeiro lugar, cita-se a questão da ausência do debate imparcial na atual mídia brasileira. Esse problema advém do não interesse da mídia em abordar tal questão, isso ocorre por não gerar lucro, sendo assim, a mídia prefere divulgar assuntos sensacionalistas e fáceis de consumo, aliás, uma população que aceita a informação sem questionamento é uma população manipulável, com isso, cita-se a ideia de Fato Social de Émille Durkheim: um ser é influenciado pelo ambiente que está inserido, logo, se ele é incitado a receber e aceitar sem questionamento, ocorre então uma aceitação geral do que é exposto. Finaliza-se o assunto apontando que enquanto a mídia parcial cria um polo um outro polo surge como resistência, forma-se assim uma mídia alternativa, que pode ser ainda mais nociva.

Em segundo lugar, não menos importante, releva-se a questão da má formação educacional da população. Nesse contexto, apresenta-se a ideia expressa em “A Pedagogia do Oprimido” de Paulo Freire: o aluno deve ser um participante ativo no processo de aprendizagem, no entanto, apesar de aplicado o “Método”, o resultado foi inverso, pois a raiz do pensamento foi distorcida e inexistente, sendo assim, a própria ideia foi convertida em deterioração do pensamento crítico, o que influencia na polarização do pensamento político. Conclui-se, da mesma forma, que enquanto o que se ensina gera um polo um outro polo, assim como na questão da mídia, surge como antissistema.

Por fim, é necessário resolver o problema da bipolarização da política brasileira. Para isso, é preciso que a mídia – responsável pela transmissão de informações – seja aprimorada, isso se faz com a criação de uma bancada multipolar, com vários pontos de vista distintos, em jornais e programas de opinião, de modo a promover uma pluralidade de opiniões, reduz-se assim o problema da polarização, aumentando a conscientização da população. Não distante, é preciso que o MEC – responsável pelas políticas públicas de educação – aprimore o método de ensino através da promoção do pensamento crítico, com debates de pensamentos múltiplos nas aulas de Humanas. Logo, o problema da polarização é resolvido, surge assim uma sociedade mais consciente que irá evoluir em todos aspectos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#78065
Olá @rger08. Aqui está minha correção

1Desvio gramatical
2Desvio ortográfico
3Ausência ou emprego incorreto do sinal de pontuação
4Repetição de termo
5Ausência ou emprego incorreto do conectivo
6Substitua o termo/construção ou remova-o do texto
7Comentário

A massa populacional, ou seja, a grande maioria, sempre fora e é influenciada com facilidade, de fato,3 percebe-se isso através dos séculos, por exemplo pela influência nazista e comunista no Século XX. Diante disso, na conjuntura brasileira, destaca-se a intensa polarização e o comportamento “manada” – um indivíduo é influenciado pelos demais sem questionar – na questão política, na qual há uma esquerda e uma direita com ideais opostos,3 nesse confronto entre “lados” 3 um descredibiliza o outro, formando uma 4polarização intensa. Esse aspecto tem como causa a ausência de um debate multilateral na mídia, assim como uma população má formada educacionalmente.

❯ Elementos da introdução ❮
Repertório sociocultural:
Contraste e pertinência com o tema:
Apresentação das teses:
Estrutura adequada para redação ENEM


5Em primeiro lugar, cita-se a questão da ausência do debate imparcial na atual mídia brasileira. Esse problema advém do não interesse da 4mídia em abordar tal questão,3 6isso ocorre por não gerar lucro, sendo assim, a 4mídia prefere divulgar assuntos sensacionalistas e fáceis de consumo,3 aliás, uma população que aceita a informação sem questionamento é uma população manipulável,3 com isso, cita-se a ideia de Fato Social de Émille Durkheim: um ser é influenciado pelo ambiente que está inserido, 3 logo, se ele é incitado a receber e aceitar sem 4questionamento, ocorre então uma aceitação geral do que é exposto. Finaliza-se o assunto apontando que enquanto a 4mídia parcial cria um polo3 um outro 4polo surge como resistência, forma-se assim uma 4mídia alternativa, que pode ser ainda mais nociva.

Substituição: isso ocorre por não gerar lucro, sendo assim, a mídia prefere divulgar assuntos sensacionalistas e fáceis de consumo, aliás, uma população que aceita a informação sem questionamento é uma população manipulável, com isso, cita-se a ideia de Fato Social de Émille Durkheim: um ser é influenciado pelo ambiente que está inserido, logo, se ele é incitado a receber e aceitar sem questionamento, ocorre então uma aceitação geral do que é exposto. Finaliza-se o assunto apontando que enquanto a mídia parcial cria um polo um outro polo surge como resistência, forma-se assim uma mídia alternativa, que pode ser ainda mais nociva. ➝ isso ocorre pelo fato do debate entre ideias não gerar lucro, assim, a mídia favorece a divulgação de assuntos sensacionalistas e fáceis de consumo, permitindo que a população seja manipulada e aceite a informação sem questionamento. Sob essa ótica, a ideia de “Fato Social” do sociólogo francês Émile Durkheim aponta que um ser é influenciado pelo ambiente que está inserido. A partir dessa incitação, ocorre uma absorção geral do que é exposto. Desse modo, a mídia parcial, ao criar um polo, também gera outro como resposta: Um mecanismo alternativo que pode ser ainda mais nocivo.
➤ Recomendo que você tome cuidado com o excesso de vírgulas, pois elas podem prejudicar o desenvolvimento do seu texto.
❯ Elementos do desenvolvimento ❮
Tópico frasal:
Contextualização:
Argumentação:
Finalização:
Estrutura adequada para redação ENEM


Em segundo lugar, não menos importante, releva-se a questão da má formação educacional da população. Nesse contexto, apresenta-se a ideia expressa em “A Pedagogia do Oprimido” de Paulo Freire: o aluno deve ser um participante ativo no processo de aprendizagem, 3 no entanto, apesar de aplicado o “Método”, o resultado foi inverso, pois a raiz do pensamento foi distorcida e inexistente,3 sendo assim, a própria ideia foi convertida em deterioração do pensamento crítico, o que influencia na polarização do pensamento político. Conclui-se, da mesma forma, que enquanto o que se ensina gera um polo um outro polo, assim como na questão da mídia, surge como antissistema.

❯ Elementos do desenvolvimento ❮
Tópico frasal:
Contextualização:
Argumentação:
Finalização:
Estrutura adequada para redação ENEM


Por fim, é necessário resolver o problema da bipolarização da política brasileira. Para isso, é preciso que a mídia – responsável pela transmissão de informações – seja aprimorada,3 isso se faz com a criação de uma bancada multipolar, com vários pontos de vista distintos, em jornais e programas de opinião, de modo a promover uma pluralidade de opiniões, 6reduz-se assim o problema da polarização, 7aumentando a conscientização da população. Não distante, é preciso que o 7MEC – responsável pelas políticas públicas de educação – aprimore o método de ensino através da promoção do pensamento crítico, com debates de pensamentos múltiplos nas aulas de Humanas. 6Logo, o problema da 4polarização é resolvido, surge assim uma sociedade mais consciente que irá evoluir em todos aspectos.

Substituição: reduz-se assim o problema da polarização, aumentando a conscientização da população. ➝ a fim de que se reduza o problema da polarização, ao passo que a conscientização populacional seja alcançada.
Substituição: Logo, o problema da polarização é resolvido, surge assim uma sociedade mais consciente que irá evoluir em todos aspectos. ➝ Logo, o problema da polarização será erradicado, permitindo que uma sociedade mais consciente possa surgir, evoluída em todos os aspectos.
➤ Evite usar verbos no gerúndio, especialmente na sua conclusão, pois isso é caracterizado como um traço de informalidade.
➤ Ao usar uma sigla, como MEC, escreva também seu nome por extenso.
❯ Elementos da conclusão ❮
Agente (quem fará?):
Ação (o que será feito?):
Meio/modo (como será feito?):
Finalidade (para quê será feito?):
Detalhamento (para algum dos citados):
Estrutura incompleta para redação ENEM

Título: Mais problemas O programa mais m&[…]

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Como a arte pode ser inclusiva no Brasil? Ao menc[…]

Francis29 bibipadilha P300 VanessaSousa d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM