Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58937
Durante o governo do presidente da república Juscelino Kubitschek, criou-se um cultura, em que o automóvel é sinônimo de status social. Em decorrência disso hoje o país é repleto de veículos automotivos, o que vem ocasionando várias dificuldades no modo como o cidadão brasileiro se locomove. Tal fato se relaciona com as ideias do filósofo Karl Marx, que afirmam que a sociedade capitalista prioriza o lucro em detrimento de valores sociais, pois embora haja uma grande quantidade de carros em circulação, a infraestrutura urbana não condiz com esse número.

Um dos problemas diretamente relacionados à mobilidade urbana no país, é o congestionamento de rodovias, visto que, a grande quantidade de automóveis numa mesma via, faz com que pequenas interrupções no fluxo de trânsito, como uma freada um pouco mais demorada de um motorista, possam significar lentidão e até mesmo uma parada no tráfego. Desse modo os "engarrafamentos" se tornam cada vez mais numerosos.

Ademais, outro grande problema que pode ser percebido é o número cada vez maior de acidentes envolvendo motoristas e pedestres. Segundo dados do Observatório Nacional de Segurança Viária, o Brasil chega a ter mais de vinte mortes a cada cem mil pessoas, em decorrência de acidentes viário. Isso se justifica, entre outras coisas, pelas falhas na infraestrutura urbana brasileira, como por exemplo no que diz respeito à sinalização de trânsito deficiente. Fica visível, portanto, a extensão desse problema.

Dessa forma, a mobilidade urbana no estado brasileiro é problemática, sendo uma fonte constante de transtornos, contratempos e acidentes. Para a resolução desse dilema, é necessário que o Ministério dos Transportes, em parceria com o Ministério das Cidades, invista em projetos que envolvam a melhoria na infraestrutura urbana, realizando operações de trânsito e ações, como por exemplo, a manutenção da sinalização viária. Tudo isso a fim de que, as condições de circulação em rodovias das principais cidades do país, sejam condizentes com a segurança e com as necessidades da população.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A pandemia de negacionismo no mundo

Sob a perspectiva histórica, é fato[…]

Em uma sociedade onde ler se tornou tedioso, utili[…]

• O Aumento dá violência contra […]

Akirakun18 , Andree Desculpa te incomodar,mas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM