Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57988
É importante analisarmos a questão da violência no país. O Brasil, por sua vez, é um dos países que têm se encontrado no ranking mundial de mortes por armas de fogo. Todavia, podemos dizer que o uso de posse de armas num país no qual possui uma sociedade cuja a população por vezes assumem uma postura irresponsável, não seria um avanço e sim uma calamidade.
Em primeiro plano, é preciso atentar para a violência presente na sociedade brasileira. Segundo Albert Einstein, "não se pode manter a paz pela força, mas sim pela concórdia" logo, fica claro que a violência não é a opção mais coerente quando se trata da paz social, contudo uma grande parte da população não segue essa linha de raciocínio, alegando que a legalização de armas para civis seria uma opção de defesa e segurança, mesmo em um país em que as mortes por armas de fogo aumentam continuamente.
Segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) em estudo sobre armamento de civis; afirma-se “Quanto mais armas, mais morte” . A maneira mais eficaz de combater a violência certamente não é dando mais oportunidades de violentar, tem-se como exemplo o EUA (Estados unidos da américa) país com maior taxa de arma por habitantes que por sua vez, possuiu um aumento de 15% em crimes violentos nos últimos 10 anos segundo o relatório da escola de direito Stanford. Percebe-se a disfunção da politica de porte de armas nos fins de redução da violência na sociedade.
Fica evidente, portanto, que o problema a respeito da falta de distinção dada entre todas a questões levantadas pela legalização do porte de arma brasileiro, merece mais atenção por partes governamentais, trazendo assim a mesma inteiramente negligenciada. Desse modo cabe a especialistas e o poder público unir forças no sentido de elucidar a questão.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Prática do Bullying tem si tornado cada v[…]

No que se refere à democratizaç&atil[…]

Violência Naturalizada O desvalor, e […]

Em pleno século XXI transtornos mentais &ea[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM