Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49518
Em um episódio da longíngua série animada satírica, Os Simpsons, o protagonista Homer, pai de familia e classe média americana, compra uma arma para auto-proteção de acordo com o mesmo. Após um certo tempo, ele começa a usar a arma não mais como uma ferramenta de auto-proteção, o revólver se torna ferramenta cotidiana e chega a ser usado para abrir garrafas. Há intrísicamente uma crítica ao uso de armas pelo cidadão comum; a pergunta é, ela possui fundamento?
Primeiramente, é de suma importância realizar um breve panorama da sociedade brasileira. O Brasil é um dos países latino-americanos mais violentos e isso se dá devido ao grande "abismo social" entre as classes sociais do país. Grande parte dos líderes políticos que abordam o assunto do porte de armas favorávelmente, usam de discursos de ódio contra minorias e entre classes sociais, favorecendo de acordo com o livro "Como funciona o Fascismo", a política do nós e eles. Desta forma, a justificação da liberação do porte de armas por meio de mecanismos de ódio entre as classes sociais e consequentemente o caos, torna a expressão "cidadão de bem" muito simplista se comparada à complexidade das sociedades do século XXI.
Por conseguinte, devemos salientar o dever do Estado, usando-se de orgãos de segurança como forças armadas e polícia civil, para com a população de fornecer segurança, como consta na constituição federal. A segurança do cidadão feita por ele mesmo, se torna algo como uma "terceirização" do dever estatal, indo na contramão dos direitos do cidadão que constam na constituição.
Podemos concluir que para lidar com está problemática, o Estado deve se conscientizar de seu papel, ao realizar esforços para intensificação da segurança pública e balanceamento da economia, além de investir em cotas sociais para as universidades e programas sociais, com o intuito de diminuir o abismo social entre as classes, favorecendo à ascensão social. Com a realização de tais ações, problemáticas como porte/posse de arma, não serão motivo de pautas políticas de forma tão forte como vemos hoje.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Constituição Federal[…]

No Brasil o número de doenças mentai[…]

....A Constituição Federal de 1988 -[…]

No meio do caminho tinha uma pedra,tinha uma pedra[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM