Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#47917
Segundo a OMS, a cada dia um milhão de pessoas contraem diversas Infecções Sexualmente Transmissíveis em todo mundo.
No Brasil, não se fala com normalidade sobre a contração de IST'S, por exemplo. O tabu faz com que muitas pessoas continuem desinformadas sobre o assunto, ou não se sintam confortáveis para conversar sobre o mesmo. Consequentemente, aumenta o número de pessoas infectadas em diferentes condições, sendo propensas a adquirir novas doenças, sejam elas tratáveis, mortais ou plausíveis de tratamento médico.

O aumento da propagação do papiloma vírus tem sido de suma significância.
Apesar da existência de vacinação para evitar o contato com o HPV, a distribuição é limitada.
Além de não haverem amostras suficientes, as vacinas não estão disponíveis para indivíduos de todas as idades.
Embora haja o tratamento, e que seja eficaz na maioria dos casos, existe a possibilidade do desenvolvimento de câncer de útero, caso não haja a reação esperada após a realização do tratamento específico.
Ademais, fatores socioeconômicos são de extrema influência.
Os serviços oferecidos para pessoas de baixa renda geralmente não exibem tanta qualidade no atendimento, fazendo com que não aconteça a devida recepção de informações e tratamentos médicos.
Sendo assim, torna-se maior a garantia de agravamento em relação a doenças mais graves e o não tratamento delas.

Por conseguinte, seria interessante reforçar campanhas que abordem sobre assuntos relacionados a sexualidade, e como ela influencia na nossa saúde física e mental. Essa abordagem deve ser feita de acordo com as faixas etárias, usando assuntos adequados para as idades e aconteceriam em escolas, faculdades e trabalhos formais ou informais. A mídia é, também, uma ferramenta essencial para que as informações certas cheguem aos receptores.
Além disso, a maior oferta de serviços e medicamentos qualificados e gratuitos, como o SUS, para aqueles que não possuem boas condições financeiras, significariam um grande avanço para a erradicação do contagio.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Muito obrigado Zaror (não sei mencionar)

GlendaMorais , Ashiley , XxDamastco , Jenif[…]

No cenário social vigente, o estigma associ[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM