Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#42509
A lei 5.371 de 5 de dezembro de 1967 fundou a Funai - Fundação Nacional do Índio, que protege e luta pelos direitos dos índios. Além disso, a Funai tem como objetivo perpetuar a identidade e a cultura indígena, pois os nativos brasileiros têm uma grande importância na compreensão do Brasil como sociedade. Entretanto, esses objetivos ainda não estão sendo realizados com perfeição devido à banalização da cultura pela sociedade e à histórica opressão de outras culturas pelo colonizador.
Precipuamente, é necessário ressaltar que no mundo hodierno a valorização da memória cultural pela sociedade é cada vez menor. Isso posto, vale refletir a respeito da globalização e a pluralidade de ideias e hábitos trazidos por ela. Assim sendo, a cidade de Londres pode ser tomada como exemplo, haja vista que mais de 50% da sua população é constituída por imigrantes, logo, há uma perda de tradições dos povos. Então, é interessante apontar a necessidade de incentivar a globalização, porém respeitando a memória e a identidade de cada cidadão.
Em segundo plano, o estudo da história é fundamental para compreender uma sociedade. Partindo disso, é irrefutável que culturas diferentes da portuguesa foram amplamente perseguidas desde a colonização, é o caso das culturas indígenas e africanas. Segundo o site G1, mais de 500 peças religiosas afro-brasileiras que foram apreendidas há mais de 100 anos só foram liberadas no ano de 2020. Seguramente, isso comprova a dificultação que o Estado faz para os afro-brasileiros compreenderem seu passado e suas raízes. Por isso, é irrefutável a indispensabilidade de estimular a compreensão do passado dos menos favorecidos.
Portanto, é fulcral pontuar a necessidade de encorajar a busca pela memória de cada cultura. Para isso, o IBRAM -Órgão gestor da política nacional de museus- em conjunto com o Ministério da Educação, deve organizar e realizar palestras socioculturais aberta para todos nas escolas públicas, por meio da contratação de professores especializados na área, com o fito de enrijecer as raízes culturais e apresentar outras desconhecidas aos alunos. Dessa forma, o passado excludente da colonização será mitigado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

FujiEmily , obrigadaa! Força para nó[…]

Segundo jean-paul Sartre "A violência, […]

Sua nota ficou 580! Espero ter ajudado! ;) Ach[…]

3m1ly , obrigada pela correção, me […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM