Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#49727
Na constituição federal de 1988, o documento jurídico de maior importância no país, prevê no art. 6° o direito essencial a educação como inerente a todo o cidadão brasileiro. conquanto tal prerrogativa não tem repercutido efeito, infelizmente. Na prática, quando se observa o papel da educação na formação dos valores da sociedade, é visto uma exacerbada dificuldade na propagação desse direito tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em uma primeira análise, deve se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a desigualdade no acesso a educação. Nesse sentido a ausência da educação na construção de uma sociedade, pode acarretar deficiências sociais permanentes. Segundo o filósofo alemão Immanuel Kant, " é no problema da educação que se assenta o grande segredo de aperfeiçoamento da humanidade", e ao ponto que o acesso a mesma é inviabilizado por falta de políticas públicas, torna-se impossível a construção de valores para esta sociedade.
Ademais é fundamental apontar a falta de ensino de qualidade, como impulsionador da ausência da educação no Brasil. De acordo com pesquisas do IBGE cerca de 11 milhões de brasileiros são analfabetos funcionais, diante de tal exposto, é nítido que apenas desenvolver a capacidade de leitura não é inibidora da falta da educação. Logo é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos.
para isso é imprescindível que o ministério da educação, por intermédio de um projeto de lei, torne obrigatório um alto investimento dos governos estaduais, na infraestrutura, e no ensino nas escolas públicas, a fim de proporcionar uma educação de qualidade a todos . Assim torna-se à possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação da elementos elencados na magna carta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#49843
Na Constituição Federal de 1988, o documento jurídico de maior importância no país, prevê no art. 6° o direito essencial a educação como inerente a todo o cidadão brasileiro. Conquanto tal prerrogativa não tem repercutido efeito, infelizmente. Na prática, quando se observa o papel da educação na formação dos valores da sociedade, é visto uma exacerbada dificuldade na propagação desse direito tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a desigualdade no acesso à educação. Nesse sentido a ausência da educação na construção de uma sociedade, pode acarretar deficiências sociais permanentes. Segundo o filósofo alemão Immanuel Kant, " é no problema da educação que se assenta o grande segredo de aperfeiçoamento da humanidade", e ao ponto que o acesso a mesma é inviabilizado por falta de políticas públicas, torna-se impossível a construção de valores para esta sociedade.
* Organizar as ideias na estrutura: chamar o argumento + repertório + argumentação + arrematação

Ademais, é fundamental apontar a falta de ensino de qualidade, como impulsionador da ausência da educação no Brasil. De acordo com pesquisas do IBGE, cerca de 11 milhões de brasileiros são analfabetos funcionais, diante de tal exposto, é nítido que apenas desenvolver a capacidade de leitura não é inibidora da falta da educação. Logo é inadmissível que esse cenário continue a perdurar. < pouca argumentação]
* Mais atenção na pontuação, o uso de vírgulas

Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Educação, por intermédio de um projeto de lei, torne obrigatório um alto investimento dos governos estaduais, na infraestrutura, e no ensino nas escolas públicas, a fim de proporcionar uma educação de qualidade a todos. Assim torna-se à possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação da elementos elencados na magna carta.
* Solução rasa, procure apresentar algo mais concreto e técnico. Trazer uma solução mesmo, você trouxe algo muito raso
* Faltou detalhamento
#49847
jherodrigues escreveu:Na Constituição Federal de 1988, o documento jurídico de maior importância no país, prevê no art. 6° o direito essencial a educação como inerente a todo o cidadão brasileiro. Conquanto tal prerrogativa não tem repercutido efeito, infelizmente. Na prática, quando se observa o papel da educação na formação dos valores da sociedade, é visto uma exacerbada dificuldade na propagação desse direito tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a desigualdade no acesso à educação. Nesse sentido a ausência da educação na construção de uma sociedade, pode acarretar deficiências sociais permanentes. Segundo o filósofo alemão Immanuel Kant, " é no problema da educação que se assenta o grande segredo de aperfeiçoamento da humanidade", e ao ponto que o acesso a mesma é inviabilizado por falta de políticas públicas, torna-se impossível a construção de valores para esta sociedade.
* Organizar as ideias na estrutura: chamar o argumento + repertório + argumentação + arrematação

Ademais, é fundamental apontar a falta de ensino de qualidade, como impulsionador da ausência da educação no Brasil. De acordo com pesquisas do IBGE, cerca de 11 milhões de brasileiros são analfabetos funcionais, diante de tal exposto, é nítido que apenas desenvolver a capacidade de leitura não é inibidora da falta da educação. Logo é inadmissível que esse cenário continue a perdurar. < pouca argumentação]
* Mais atenção na pontuação, o uso de vírgulas

Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Educação, por intermédio de um projeto de lei, torne obrigatório um alto investimento dos governos estaduais, na infraestrutura, e no ensino nas escolas públicas, a fim de proporcionar uma educação de qualidade a todos. Assim torna-se à possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação da elementos elencados na magna carta.
* Solução rasa, procure apresentar algo mais concreto e técnico. Trazer uma solução mesmo, você trouxe algo muito raso
* Faltou detalhamento

muito obrigado vou trabalhar pra melhorar :D

O livro "Os sofrimentos do Jovem Werther"[…]

GlendaMorais XxDamastco Zzzd vittorzao

As raízes do estigma associado às do[…]

olá , desculpa a demora para a correç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM