• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#75600
Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas Mores, retratada uma sociedade perfeita, na qual se padroniza pela ausência de conflito. Tal obra fictícia, mostra-se distante da realidade contemporânea, visto que o movimento migratório para o Brasil no século XIX, apresenta barreiras para a concretização de Mores. Essa realidade se deve, seja pela omissão estatal, seja pela economia nacional.
A princípio, é notório que a negligência do governo é um grave problema. Segundo o filósofo Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar da população. Contudo, nota-se a quebra desse contrato social, visto que, o Governo, ao invés de promover o conforto da população, tem uma ação omissa à qualidade de vida da nação, permitindo, assim que os imigrantes entrem e saiam do país, que consequentemente acabam causando uma desordem nacional. Desse modo, é imprescindível a reformulação da postura estatal urgentemente.
Ademais, a economia Nacional é outro fator que influencia o fluxo migratório para o país. De acordo com o site de pesquisa G1, a acessão do Brasil ao posto de uma das dez maiores economias do mundo é um importante fator atrativo aos estrangeiros. Dessa forma, podemos observar que os imigrantes procuram fugir da crise econômica do seu país, assim emigram para outros lugares, como a nossa nação por exemplo, buscando melhores condições de vida. Logo, tudo isso retarda a resolução de pecilho, já que a economia Nacional contribui para a perpetuação desse quadro.
Portanto, são essenciais medidas aparentes para prevenir o movimento imigratório para o Brasil no século XIX. Destarte, o Governo Federal, através de verbas governamentais, deve investir em fiscalizações das fronteiras, o qual será proporcionada por uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Essa ação será realizada com o intuito de erradicar o problema. Somente dessa forma, poderá se concretizar a "Utopia" de Mores.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#75676
❌❱𝐸𝑅𝑅𝒜𝒟𝒪
✅❱𝒫𝒜𝑅𝒜𝐵𝐸𝒩𝒮
📄❱𝑅𝐸𝐸𝒮𝒞𝑅𝐸𝒱𝐸𝑅
📝❱𝐹𝒜𝐿𝒯𝒪𝒰
😱❱ 𝒜𝒯𝐸𝒩𝒞𝒜𝒪

Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas Mores, retratada uma sociedade perfeita, na qual se padroniza pela ausência de conflito. Tal obra fictícia, mostra-se distante da realidade contemporânea, visto que o movimento migratório para o Brasil no século XIX, apresenta barreiras para a concretização de Mores. Essa realidade se deve, seja pela omissão estatal, seja pela economia nacional.

A princípio, é notório que a negligência do governo é um grave problema. Segundo o filósofo Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar da população. Contudo, nota-se a quebra desse contrato social, visto que, o Governo, ao invés de promover o conforto da população, tem uma ação omissa à qualidade de vida da nação, permitindo, assim que os imigrantes entrem e saiam do país, que consequentemente acabam causando uma desordem nacional. Desse modo, é imprescindível a reformulação da postura estatal urgentemente.

Ademais, a economia Nacional é outro fator que influencia o fluxo migratório para o país. De acordo com o site de pesquisa G1, a acessão do Brasil ao posto de uma das dez maiores economias do mundo é um importante fator atrativo aos estrangeiros. Dessa forma, podemos observar que os imigrantes procuram fugir da crise econômica do seu país, assim emigram para outros lugares, como a nossa nação por exemplo, buscando melhores condições de vida. Logo, tudo isso retarda a resolução de empecilho, já que a economia Nacional contribui para a perpetuação desse quadro.

Portanto, são essenciais medidas aparentes para prevenir o movimento imigratório para o Brasil no século XIX. Destarte, o Governo Federal, através de verbas governamentais, deve investir em fiscalizações das fronteiras, o qual será proporcionada por uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Essa ação será realizada com o intuito de erradicar o problema. Somente dessa forma, poderá se concretizar a "Utopia" de Mores.
#75677
maiconpgtu escreveu:❌❱𝐸𝑅𝑅𝒜𝒟𝒪
✅❱𝒫𝒜𝑅𝒜𝐵𝐸𝒩𝒮
📄❱𝑅𝐸𝐸𝒮𝒞𝑅𝐸𝒱𝐸𝑅
📝❱𝐹𝒜𝐿𝒯𝒪𝒰
😱❱ 𝒜𝒯𝐸𝒩𝒞𝒜𝒪

Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas Mores, retratada uma sociedade perfeita, na qual se padroniza pela ausência de conflito. Tal obra fictícia, mostra-se distante da realidade contemporânea, visto que o movimento migratório para o Brasil no século XIX, apresenta barreiras para a concretização de Mores. Essa realidade se deve, seja pela omissão estatal, seja pela economia nacional.

A princípio, é notório que a negligência do governo é um grave problema. Segundo o filósofo Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar da população. Contudo, nota-se a quebra desse contrato social, visto que, o Governo, ao invés de promover o conforto da população, tem uma ação omissa à qualidade de vida da nação, permitindo, assim que os imigrantes entrem e saiam do país, que consequentemente acabam causando uma desordem nacional. Desse modo, é imprescindível a reformulação da postura estatal urgentemente.

Ademais, a economia Nacional é outro fator que influencia o fluxo migratório para o país. De acordo com o site de pesquisa G1, a acessão do Brasil ao posto de uma das dez maiores economias do mundo é um importante fator atrativo aos estrangeiros. Dessa forma, podemos observar que os imigrantes procuram fugir da crise econômica do seu país, assim emigram para outros lugares, como a nossa nação por exemplo, buscando melhores condições de vida. Logo, tudo isso retarda a resolução de empecilho, já que a economia Nacional contribui para a perpetuação desse quadro.

Portanto, são essenciais medidas aparentes para prevenir o movimento imigratório para o Brasil no século XIX. Destarte, o Governo Federal, através de verbas governamentais, deve investir em fiscalizações das fronteiras, o qual será proporcionada por uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Essa ação será realizada com o intuito de erradicar o problema. Somente dessa forma, poderá se concretizar a "Utopia" de Mores.
maiconpgtu escreveu:Ademais, a economia Nacional é outro fator que influencia o fluxo migratório para o país. De acordo com o site de pesquisa G1, a acessão do Brasil ao posto de uma das dez maiores economias do mundo é um importante fator atrativo aos estrangeiros. Dessa forma, podemos observar que os imigrantes procuram fugir da crise econômica do seu país, assim emigram para outros lugares, como a nossa nação por exemplo 1, buscando melhores condições de vida. Logo, tudo isso retarda a resolução de empecilho, já que a economia Nacional contribui para a perpetuação desse quadro.

GabrielPB , Mylike JoaoPedro72 Alexsandro […]

São muitos os casos de impunidade do sistem[…]

Bom dia pessoal, JoaoPedro72 , muito obrigado p[…]

Agora que lembrei que não é poss&iac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM