Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por biamenezes
#45500
Na distopia “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury, a leitura é proibida por conta de uma ditadura: casas são invadidas, livros são apreendidos e queimados, assim as pessoas começam a decorar alguns livros com a intenção de publicá-los quando esse regime acabar. Nesse sentido, é visto como a leitura é importante e deve-se estimulá-la cada vez mais no Brasil. Desse modo, apresenta-se duas vertentes da temática: o analfabetismo funcional e a criação da empatia.

Em primeira instância, apresenta-se o analfabetismo funcional como um dos principais problemas dos letrados brasileiros, visto que esses sabem ler, mas não interpretam o discurso absorvido, propagando ideias que não fazem ideia do é. Isso é apresentado no curta-metragem “Meu amigo Nietzsche”, em que uma criança acha um livro do filosofo e passa a repetir seu discurso sem saber o ele realmente significa, reforçando a ideia de que não só adianta ensinar a população a ler, mas também é preciso ensiná-la a questionar e refletir sobre aquilo.

Em segunda instância, tem-se a criação da empatia como outro fator demasiadamente importante do estímulo á leitura,  já que o leitor passa a entender como os personagens se sentem ou porquê pessoas estão militando por determinado assunto, às vezes se identificando com eles e tentar mudar a sociedade ao seu redor. Haja vista o que disse o poeta Mario Quintana: “livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.”, buscando demonstrar o papel transformador da leitura.

Diante dos fatos mencionados, conclui-se que a leitura é importante e deve ser estimulada cada vez mais. Por isso, são necessárias medidas para que esse incentivo aconteça, tal qual: as Secretarias Municipais de Educação promovam clubes de debates sobre diversos livros nas escolas, que seriam realizados mensalmente, de modo a cessar com o analfabetismo funcional, pois como postulou  o filosofo Voltaire: “a leitura engrandece a alma”.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Geralcinoj , obrigadaaa pelas instruç&oti[…]

joanavitoria Geralcinoj jherodrigues Bre[…]

A revolta da vacina, 1904, foi um manifesto de est[…]

A Leitura, está se tornando um aspecto fund[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM