Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#41230
É notório nos dias que correm, a dependência das pessoas de terem sempre ao seu lado um dispositivo que proporciona um bem estar e uma interação com o mundo. Quando acordam e abrem os olhos, muitas vezes a primeira reação é pegar o dispositivo para conferir se há alguma mensagem, aviso ou algum lembrete. As redes sociais são ferramentas que auxiliam no dia a dia, possibilitando comunicações com parentes ou amigos, muitas vezes em uma grande distância um do outro, em questão de segundos. Evidentemente, como tudo que acontece no mundo, nem tudo é um mar de rosas, assim como as redes sociais podem ajudar, elas também podem gerar um grande problema, que aos poucos pode ser resolvido com incentivos por parte das escolas.
Em um levantamento feito pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) em 2019 diz que para 41% dos jovens brasileiros, as redes sociais geram sintomas de ansiedade, depressão e tristeza. Exemplos que podem ser dados, são os jovens que ainda não possuem uma certa noção de mundo e confiam em pessoas, geralmente de boa aparência, que às convidam para sair, o que pode gerar um possível caso de violência sexual ou física. Outro problema muito decorrente nos dias de hoje, é a divulgação de fotos comprometedoras, muitas vezes de nudez, sem o consentimento da pessoa, o qual pode acarretar em um possível suicídio.
Pode-se ver que as redes sociais viciam tanto que muitas vezes as pessoas deixam de fazer suas necessidades diárias, como: se alimentar, ir no banheiro ou praticar alguma atividade que estimule o cérebro ou também os músculos, os quais podem gerar transtornos mentais, doenças no intestino, entre outros. É quase certo que se as pessoas continuarem com esses hábitos, o futuro da nação estará comprometido. Problemas que se apresentariam em pessoas de uma idade avançada, vai se tornar algo comum precocemente, poderemos ver um aumento no índice de obesidade, sedentarismo, problemas na coluna por ficar muito tempo sentado e até LER (lesão por esforço repetitivo).
Portanto, respeitando-se aos direitos humanos, deve-se deixar de lado um momento as redes sociais e investir na própria vida, podendo começar a praticar algum tipo de esporte, achar algum hobbie (passa tempo) e se atentar a ajuda que o próprio dispositivo proporciona, (o modo silêncio), o qual não deixará as notificações tirar a atenção das pessoas . Tais praticas vão obrigar as pessoas a deixarem as redes sociais um poco de lado e começar a cuidar de si próprio. Mas também é dever do Governo Federal, investir em palestras nas escolas que orientem os jovens em relação as redes sociais e os problemas gerados por elas. Seguindo tais orientações será possível uma melhora nesses problemas e poderá ajudar reservar um futuro melhor para futuras gerações.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Segundo o inciso XI do artigo 5 da constitui&ccedi[…]

Ccc

Gb

GlendaMorais Oii, pode me ajudar? Se tiver temp[…]

GlendaMorais Perfeito, com certeza irei aderi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM