• Avatar do usuário
#72442
No filme estadunidense "O ódio que você semeia", retrata a vida de Starr, uma jovem negra de 16 anos que presencia seu amigo, Khalil, ser assassinado por um policial branco. Assim como na obra cinematográfica citada, tais assassinatos ocorrem com frequência no cotidiano dos dias de hoje: Evaldo dos Santos, homem negro, inocente e morto pelo exército com 80 tiros na frente de seus filhos.
A priori, é fractual pontuar que, o racismo é algo hereditário, ocorre desde a chegada de Dom Pedro Álvares Cabral ao Brasil, tendo em vista que escravidão ocorreu apenas pelo fato dos índios serem negros e não brancos. Desse modo, so reafirmar que tais contudas ocorrem de formas diferentes, visando apenas sem tom de pele. Assim como, no filme supracitado "O ódio que você semeia", Starr pergunta a seu tio policial como ele efetuaria a abordagem a um homem negro e a um homem branco, fica palpável que a abordagem a um negro seria diferente, podendo a ter ser de forma nociva.
Ademais, fica claro que, o assassinato de pessoas negras aumenta cada vez mais no Brasil, assim como a revolta da população, resultando no movimento "Black lives Matter" que tem origem norte-americana, contudo, acabou causando impacto no mundo, inclusive no Brasil. Entretanto, Geledés diz: " A vida do negro não importa. Se importasse, a expressão BlackLivesMatter não seria necessária", já que, algumas das vítimas assassinadas, não receberam justiça por suas vidas perdidas.
Portanto, medidas executáveis são necessárias para que haja uma diminuição em casos de homicídios de jovens negros no Brasil. Desse modo, cabe ao governo, juntamente com a mídia, propor por meio de campanhas e palestras em instituições escolares, a conscientização direcionada a sociedade, sobre o que é o racismo e quais fatores ele pode ocasionar. Somente dessa forma, tal discriminação começará a desaparecer e vidas negras começaram a importar. Pois, 80 tiros não aconteceram por engano, mais sim pelo fato de ter sido um homem negro e não um branco.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Embora a Declaração Universal dos Di[…]

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM