Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#57130
A Constituição Federal - de 1988 - prevê a todo cidadão o direito à habitação,
educação e saúde. No Brasil, entretanto, a falta de conhecimento populacional referente à
saúde, em consonância com a escassa mobilização do Estado, vêm agravando o estigma
associado às doenças mentais na sociedade brasileira.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a saúde não deve ser considerada
apenas como ausência de doença, mas sim como o estado de completo bem estar físico, social e mental. A realidade no país, apesar disso, mostra que grande parte da população é carente desse conhecimento, o que resulta, muitas vezes, na alta incidência de preconceitos voltados ao indivíduo com doença mental, podendo gerar comentários equivocados e errôneos, iguais aos que relacionam depressão com “frescura” e que, de forma infeliz, trata o próximo como alguém inferior.

Outrossim, vê-se a pequena mobilização do Estado no que diz respeito a ações
voltadas para a diminuição do preconceito, pela busca da prevenção dessas doenças mentais
e, também, na oferta de tratamento desses casos. Apesar da criação do NASF (Núcleo
Ampliado de Saúde da Família), em 2008, que busca proporcionar à população mais facilidade de tratamento com profissionais especializados, nesse caso o psicólogo, muitas pessoas não têm tido coragem de procurar auxílio ou, por vezes, nem sabem da existência. Isso mostra a deficiência em um dos objetivos do SUS (Sistema Único de Saúde), a promoção da saúde, o que, por conseguinte, afeta a prevenção e a proteção da mesma.

Para que as prescrições constitucionais não fiquem apenas na forma teórica, é
necessário que haja ação do Estado junto aos meios de comunicação em massa. Cabe então ao Governo em parceria com a grande mídia, promover propagandas educacionais referente à saúde mental, além de, por meio de canais de rádio e televisão, incentivar a procura de ajuda médica e psicológica, com a finalidade de diminuir os estigmas, o preconceito e aumentar a busca preventiva de profissionais capacitados. Como disse o poeta Chacal: “Se o mundo não vai bem a seus olhos, use lentes... ou transforme o mundo."
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

:D Segundo Paul Atson, co- fundador da Greenpeace […]

O isolamento social durante a pandemia de covid-19[…]

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM