Avatar do usuário
Por breebryanna
Quantidade de postagens
#120793
Apesar de, gradativamente, não ser considerado mais um tabu, muitos fatos sobre o grande estigma associado às doenças mentais não são conhecidos por todos, incluindo sua longa história e trajetória até os dias atuais. Desde a Pré-História, Grécia Antiga, Idade Média, até a contemporaneidade, o preconceito instaurado em nossa sociedade esteve sempre presente, prejudicando, julgando, e muitas vezes, até punindo aquelas vítimas de determinados transtornos mentais. Ademais, o Brasil não está de fora desta infame situação.

No filme “Bicho de sete cabeças”, drama brasileiro dirigido por Laís Bodanzky, o protagonista, Neto, é acusado de ser dependente químico pelos seus pais, e consequentemente, sendo enviado para uma instituição psiquiátrica, onde é totalmente negligenciado e mal tratado. Esse descaso não ocorre somente no filme, como também, em nossa própria sociedade. Muitas instituições, em sua maioria, públicas, não prezam pela saúde e segurança de seus pacientes, e os mesmos, muitas vezes, são submetidos a situações de maltrato e negligência por parte da família.

“Dizem que sou louco por pensar assim, se eu sou muito louco por ser feliz”, trecho da música “Balada do louco”, representa com precisão o julgamento feito pela nossa sociedade. De acordo com dados da OMS, 86% dos brasileiros sofrem de algum transtorno mental, como ansiedade e depressão. Todavia, mesmo que grande parte da população esteja incluída dentro dessa porcentagem, o constante julgamento pode oprimir essas vítimas, fazendo com que se sintam envergonhadas, e consequentemente, não procurando a ajuda profissional necessária. Ao tomar tal atitude, o caso pode agravar-se ainda mais, levando a intensificação de determinada doença mental.

Portanto, são essenciais medidas para a reversão do estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira. De tal forma, cabe ao Ministério da Saúde investir em melhorias no tratamento e estrutura de instituições psiquiátricas públicas. Além disso, é necessário informar a população, via palestras, folhetos, ou até mesmo nas escolas e trabalho, sobre a importância da conscientização sobre doenças mentais, bem como a eliminação do preconceito. Uma sociedade, incluindo seu governo e população, devem prezar, juntos, para o bem-estar de todos. 
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
115 Exibições
por Julia9989
0 Respostas 
76 Exibições
por Joyceyasyas
0 Respostas 
87 Exibições
por Maryna5
0 Respostas 
61 Exibições
por Dayanebc
0 Respostas 
42 Exibições
por Sabrinah
0 Respostas 
61 Exibições
por mariiaedua
0 Respostas 
60 Exibições
por Phhenri
0 Respostas 
48 Exibições
por maria0307
0 Respostas 
40 Exibições
por JoaoMelo
0 Respostas 
68 Exibições
por Sasanasc
Tolerância na prática

Embora a Constituição Federal de 198[…]

É a minha primeira vez usando o site! N&ati[…]

A poluição brasileira é basta[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM