• Avatar do usuário
#64046
O artigo 6 da constituição brasileira, constitui como direito fundamental o acesso a saúde e o tratamento de doenças que possam afetar o plano social. Apesar disso, a realidade atual apresenta inúmeros desafios quanto ao diagnóstico, tratamento e aceitação de inúmeros distúrbios. A partir disso é importante tratar do estigma associado as doenças mentais na sociedade brasileira, causado por fatores históricos e sociais.
Nessa perspectiva, vale ressaltar a coerção social histórica como geradora das doenças. Segundo o filósofo Nietzsche, muitos indivíduos assumem um papel de camelo socialmente, uma vez que carregam sobre si as expectativas e valores alheios em detrimento de seus próprios desejos. Não obstante, com a pressão exercida atualmente, muitos cidadãos esquecem sua essência e adoecem por não conseguirem seguir o padrão estipulado. Tais fatores, não só aumentam os casos de doentes, como estimula os mesmos a esconderem sua instabilidade, com medo do preconceito social, reforçando a problemática.
Além disso, a falta de conhecimento social também influi para o desafio. Nesse sentido, a série treze razões do porque, trata a história de uma jovem depressiva que ao buscar apoio escolar para sua doença, não obtem ajuda, devido a falta de informações dos profissionais, o que leva a mesma ao suicídio. Apesar do plano fictício, a série descreve a realidade brasileira, em que muitos cidadão desenvolvem transtornos e não conseguem auxílio, justamente pelo preconceito, a banalização e falta de conhecimento em relação as doenças.
Portanto diante dos argumentos apresentados, medidas devem ser tomadas para minimizar os estigmas associados as doenças mentais no Brasil. Para isso o poder executivo, que tem como dever assegurar as medidas previstas em lei, deve executar projetos para efetivar o artigo 6 da constituinte. Por meio da difusão de informações sobre o problema e o apoio aos pacientes, através da execução de palestras, a contratação de profissionais e a formação de grupos de apoio, por exemplo. Afim de que em um futuro próximo aja a diminuição desse estigma.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ashiley , OI! Muitíssimo obrigada por ter […]

No Brasil apesar da constituição de […]

Tema: O aumento do número de profissionais […]

Um dos alicerces iluministas da revoluç&ati[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM