• Avatar do usuário
#63644
Na antiguidade grega, hipócrates afirmava que a doença mental era resultado de perturbação da personalidade, que o corpo e a mente eram um único fenômeno. Defendeu a importância do tratamento psicoterápico para essas enfermidades. Por mais que o brasil seja um dois países que mais tem gente com problemas psicologicos, como Ansiedade, ataque de pânico ou esquizofrenia, Infelismente, as pessoas ainda enxergam isso com maus olhos ou acha que é ''frescura''. De tal modo, que simplismente resolvem ignorar os sintomas e sinais que as pessoas apresentam. Desse modo, torna-se algo importante para as pessoas tentarem pesquisar sobre essa problematica: Como poder ajudar as pessoas com problemas psicologicos.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) colocam o país na primeira posição em prevalência de ansiedade, com mais de 18 milhões de pessoas sofrendo do problema. Isso equivale a 9,3% da população brasileira. Na maioria das vezes, o problema aparece por causa de algum trauma que a pessoa passou em sua vida, como abusos, pessoas que moram em lugares com muita guerra etc. Infelismente, a falta de profissionais é algo que prejudica principalmente em lugares públicos.

com a covid-19, os transtornos mentais pioraram, pois como as pessoas não estavam podendo sair de casa, ficaram mais ansiosas e tristes. A ansiedade levou muitos a criar habitos não saudaveis, o que pode ter piorado a saúde mental, todavia, as pessoas estavam tentando procurar ajuda pela internet. Mas infelismente, nem todos tinham forças ou condições de pedir ajudar. E a tristeza acabou levando muitos ao suícidio. Infelismente, a maioria das preocupações que aparecem com o suícido só aparece no setembro amarelo.

Em virtude os fatos mencionados, as pessoas deveriam ser preocupar mais todos os dias, e o estado deveria bota psicologos em escolas e universidades públicas, pois muitas vezes os problemas psicologicos podem aparecerpor conta dos problemas que a pessoa passa na escola ou faculdade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Peso: 1000 Nota: 1000 Conforme o escritor Franz K[…]

Doença mental

Para a OMS, saúde não engloba apena[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM