Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57943
De acordo com o geógrafo Milton Santos, no texto a “Cidadania mutiladas”, a democracia só efetiva quando atinge a totalidade do corpo social, ou seja, na medida em que todos os direitos são universais e desfrutado por todos os cidadões. No entanto o aumento dos estigmas associados a doenças mentais prova que não há democratização do direito à saúde. Diante dessa perspectiva, convém analisarmos as principais consequências de tal postura negligente para a sociedade.
Em primeira análise deve ser ressaltar ausência de medidas governamentais para combater a falta de assistência médicas relacionadas a doenças mentais no Brasil. Nesse sentido, segundo “Contrato Social”, - proposto pelo filósofo contratualista John Locke, cabe o estado fornecer medidas que garantam o bem-estar coletivo. Entretanto o aumento de pessoas com depressão, transtorno de ansiedade, transtorno bipolar e etc, mostra a violação do Contrato Social, pois o Estado não cumpre sua função de garantir que todos os cidadãos desfrutem dos seus direitos, como a saúde, o que infelizmente é evidente no país.
Além disso, é fundamental aponta a falta de investimento em profissionais especializados na área da saúde, resultando no aumento de pessoas com problemas mentais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 11,5 milhões de brasileiros têm depressão. Diante do exposto, a sociedade não deve aceitar a negligência do Estado, logo é inadmissível que esse cenário continue.
Portanto para efetiva democratização no direito à saúde, é importante que o governo por meio de contratação de profissionais para essa área, aumente o número de médicos na saúde pública, para assim poder dar maior assistência as pessoas que precisam ser cuidados por especialistas. Assim torna-se possível a construção de uma sociedade totalmente democrática, onde os cidadãos têm acesso a todos os direitos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

:D Segundo Paul Atson, co- fundador da Greenpeace […]

O isolamento social durante a pandemia de covid-19[…]

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM