Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53733
Sancionada pela Assembleia Nacional Constituinte, a Constituição Federal de 1988,
prevê em seu artigo 6°, o direito à saúde a todos os cidadãos brasileiros. No entanto, tal
prerrogativa não tem se refletido na prática quando se observa o estigma associado às
doenças mentais na sociedade brasileira, dificultando, deste modo, a universalização desse
direito social. Diante disso, é imprevisível pontuar os fatores a favor dessa situação.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a omissão governamental para combater tal
situação. Contudo, faltam ações efetivas por parte das autoridades competentes, visto que,
em pleno século XXI ainda há episódios de marginalização aos indivíduos com doenças
mentais. Essa conjuntura, conforme as ideias do filósofo John Locke, configura como uma
violação do "contrato social", já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os
cidadãos desfrutem de direitos imprescindíveis, como a saúde, o que infelizmente é
ostensivo no país.
Ademais, é fundamental pontuar o preconceito enraizado como impulsionador do
estigma associado à doença mental no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde
(OMS), 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão. Diante do exposto, é notório que é
necessária uma compreensão mais abrangente das questões relacionadas ao transtorno
mental, porém, existe um certo grau de discriminação contra as pessoas cujas doenças são
classificadas como "frescas". Dessa forma, a pessoa com transtorno mental grave sofre não
só pela doença em si, mas também com o estigma social que segrega e nega
oportunidades para a vida independente. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a
perdurar.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. Nessa perspectiva, o
ministério da Saúde deve, por meio dos veículos de comunicação, realizar campanhas
contra o estigma associado à doenças mentais, que inclua debates e palestras ministradas
por especialistas no assunto. Destarte, o objetivo da medida é mitigar o estigma, assim
como a marginalização social desses indivíduos. Desse modo, os direitos previstos na Carta
Magna entrarão em vigor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

No Brasil todos os tipos de violência contra[…]

Oii Iss, não consigo colorir aqui, ent&ati[…]

Na constituição Federal de 1988 no […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM