Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53370
Com base nos dados da OMS de 2017, mais de 300 milhões de pessoas vivem com depressão em todo o mundo. Nesse contexto, é possível afirmar que, todo indivíduo podem apresentar sinais de sofrimento psíquico em alguma parte da vida. Dessa forma, em razão da má influência midiática e da negligência educacional, emerge um problema complexo que precisa ser revertido.

Dito isso, vale ressaltar que a má influência midiática associa a várias formas de exigência de vida. Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, disserta em sua obra "globalização e as consequências humanas" que a sociedade caminha para uma desordem mundial, causada, especialmente pela falta de controle do Estado. Logo, a midiática está cada vez mais problemática, pois jovens tendem a mostrar uma vida perfeita, sendo maior parte delas tem a saúde mental em estado deplorável e a internet colabora muito para isso.

Além disso, é primordial apontar a negligência educacional como impulsionador da estigmativa da depressão, pois as pessoas se aproveitam de tal situação para fragilizar os indivíduos que sofrem de problemas mentais, tornando assim traumas e cicatrizes. De acordo com os iluministas Diderot e D'Alembert, autores da "Enciclopédia" "a democratização da educação é fundamental a alienação dos cidadãos garantindo ao mesmo sua efetiva liberdade", justamente porque na falta de educação que todos os problemas surgem. Ademais, os indivíduos praticam bulliyng, preconceito com aqueles que sofrem de problemas mentais. Logo, é inadmissível que essa circunstância continue a perdurar.

Fica evidente, portanto, a necessidade de acabar com esses obstáculos. Para isso, é necessário o Ministério da educação juntamente com o Ministério da Saúde desenvolver mais palestras, proporcionar psicólogos nas escolas mensalmente, por meio de conversa, apoio, incentivar os pais ou responsáveis a sempre conversar com os jovens, a fim de superar traumas sofridos e melhorar saúde mental. A partir dessas ações, o Brasil vai ser um país com baixo índice de jovens depressão
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Valorização do SUS

Oi Mari,muito obrigada pelo comentário me a[…]

Atualmente, o mundo enfrenta uma pandemia, a qual […]

Crimes cibernético

Com o aumento tecnológico, a internet se to[…]

O grafite é uma das maneiras de se expressa[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM