Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53326
A contemporaneidade, marcada por avanços na sociedade e na tecnologia, permitiu o desenvolvimento humano com a inserção da ajuda psiquiatra mais especializada e direitos exclusivos para os doentes psíquicos em todo o Brasil. Ainda assim, a manutenção dos obstáculos nos âmbitos cultural, pedagógico e virtual no quesito de ajudar pessoas as deficientes mentais, sustenta os crônicos problemas de preconceito, ridicularização e desinformação da população.
Em primeira análise, deve-se ressaltar os reflexos desse preconceito na intensificação das disparidades pessoais e sociais. A esse respeito, os fatores que prejudicam os deficientes são diversos, por exemplo, a dificuldade de aprendizagem conjulgado com a falta de estrutura das escolas em dar tratamento especial para quem apresenta problemas intelectuais, a pouca ajuda recebida dos pais, que muitas vezes ignoram o problema do filho, a falta de informação que a população tem sobre os transtornos, tornando-os algo muito exagerado tanto para mais quanto para menos, além de que muitos jovens se auto-diagnosticam, sem ir em um neurologista ou em algum médico especializado. Como consequência o desenvolvimento intelectual torna-se comprometido e muitas vezes aumenta-se a gravidade dos problemas que a pessoa apresenta.
Muitas vezes, aludi-se, à atuação dos psicólogos achando que somente eles podem controlar e resolver o problema, problemas como o Transtono de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), e o autismo (TA), necessiam de recursos específicos na escola que são determinados pelos médicos, que muitas vezes são ignorados ou ineficazes, isentando-se da obrigação, pela lei; de ajudar utilizando mecanismos efetivos e eficazes. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 200 mil pessoas nascem com TDAH por ano no Brasil.
Em relação aos fatos mencionados é essencial que as responsabilidades sejam compartilhadas entre a escola, a família e os Ministérios da saúde e da educação. É fundamentalmente que as escolas tracem plans para ajudar os deficientes, de modo que contratem psicólogos para permanecerem na escola e professores especializados para estarem diretamente ligados ao ambiente familiar, buscando descobrir e diagnosticar a realidade específica de casa aluno. Ademais, é necessário que o Governo promova campanhas de conscientização, além de projetos e políticas públicas, relacionadas a atividades e documentários, mostrando os cuidados que devemos ter com os deficientes psíquicos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Dar pra tirar uma nota boa sim, não fugiu d[…]

Ao se falar sobre os impactos da pandemia do novo […]

dudaramos1 Assim que possível corrige min[…]

Já faz alguns anos que a reduç&atild[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM