Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#54508
O artigo 6°, da Constituição Federal Brasileira – promulgada em 1988 –, prevê o acesso à saúde de forma igualitária. Todavia, nos dias atuais, a realidade encontra-se distante do previsto pela norma, haja vista que as cicatrizes oriundas das doenças mentais impedem que todos gozem dessa prerrogativa devido à sua capacidade de promover insalubridade. Nesse sentido, entende-se a ausência de debates como um dos fatores e o aumento nos índices como um dos efeitos. Logo, faz-se imperiosa a análise desse panorama com o fito de mitigar os entraves e avigorar garantias constitucionais.


É relevante abordar, a princípio, que a omissão midiática impulsiona essa problemática. Nesse viés, o expoente filósofo Michel Foucault defende que, na sociedade pós-moderna, alguns temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Infere-se, sob esse pensamento, que esse quadro nefasto faz parte do corpo social brasileiro, na medida em que as mídias não tem trazido discussões que elevem a visibilidade das enfermidades mentais – sobretudo com o intuito de manter a imagem de autoridade governamental – o que caracteriza-se como um grave empecilho, pois as sequelas são maiores. Dessa forma, é inadmissível notar que a escassez de debates sérios e massivos contribuem para a perpetuação dessa adversidade.


Além disso, uma das consequências é o aumento na quantidade de pessoas que sofrem com os transtornos mentais. Nessa perspectiva, o Portal G1 aponta um aumento no número de portadores de doenças mentais. Reitera-se, sob esses dados, que esse cenário é intensificado pela ausência de informações que orientem os seres humanos a lidar com a depressão e a ansiedade, uma vez que o tema ser visto como um tabu dificulta o processo de busca pelo tratamento e, com isso, amplia as sequelas. Dessa maneira, é imprescindível que o poder público não permaneça em inércia e estabeleça parâmetros para reverter esse cenário.


Portanto, diante dos fatores e dos efeitos abordados, caminhos precisam ser elucidados para atenuar os estigmas associados às doenças mentais no Brasil. Nessa conjuntura, cabe ao Ministério da Saúde – entidade governamental responsável pela administração do Sistema único de Saúde – promover a implantação de uma rede de orientação e de cuidado, por meio de campanhas nas mídias, como o rádio e a TV, e por intermédio de subsídios aos municípios, esses serão destinados aos Núcleos de Assistência às Famílias e aos Centros de Atenção Psicosocial. Espera-se, com essa iniciativa, reduzir os números de portadores de doenças mentais e debater sobre temas que são negligenciados. Feito isso, o país estará a trilhar rumo ao progresso, mediante a consolidação da Carta Magna.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Devido ao avanço da Covid-19 no começ[…]

O adolescente A maioria dos cidadãos brasil[…]

Grupos whatsapp e telegram

Pessoal vcs que querem entrar no grupo do whats eu[…]

ALIMENTAÇÃO Conforme o fil&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM