Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53462
Na produção da Netflix "Tudo bem não ser normal", a trajetória singular de pacientes de um hospital psiquiátrico sul-coreano é retratada, bem como a problematização entorno da saúde mental. Fora das telas, no entanto, poucos brasileiros têm a oportunidade de identificar doenças psíquicas, quando são acometidos por tais, e por conseguinte, o tratamento se torna ainda mais tardio.
Em primeiro plano, vale destacar que a internet, como um meio de informação, possui função primordial na propagação de debates conscientes sobre impasses pouco discutidos em sociedade, como é o caso da ansiedade e males relativos, que vêm à tona, sobretudo durante o "setembro amarelo", período conhecido pela campanha de prevenção ao suicídio. Em contrapartida, o meio virtual também é responsável por julgar e encobrir o sofrimento e as frustrações pessoais de cada indivíduo, como é esclarecido no documentário "O dilema das redes", que aborda a influência negativa da mesma, ao romantizar perfis rotulados como "perfeitos".
Outrossim, as precárias políticas educativas contra esses transtornos atenuam-se constantemente, uma vez que, mais de 11 milhões de pessoas sofrem de depressão, no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde. Tendo em vista esse panorama, nota-se que os estigmas por trás da saúde mental da nação estão cada vez mais distantes do cenário ideal, em que dilemas como esses são pautados e superados por meio da educação, pensamento esse, também defendido pelo crítico e professor nato, Paulo Freire, em sua Terceira Carta Pedagógica, que menciona o ensino como ponto de partida da transformação social.
Portanto, verifica-se a necessidade de ampliar as discussões a respeito da estabilidade emocional no país. Para isso, urge que o Ministério da Saúde e mídia criem e divulguem uma caderneta de alerta aos sintomas, prevenção e tratamento de doenças psíquicas, disponibilizando-as em meio virtual e através de postos de saúde. Somente assim, a coletividade será capaz de reconhecer e tratar "as doenças do século", assim como na série "Tudo bem não ser normal".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

A realidade de muitos jovens brasileiros nos dias […]

Ao contrário do que se reverbera na Constit[…]

De modo ficcional, o filme "O Espetacular Hom[…]

Em termos tecnológicos, durante a atual pan[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM