Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59214
Constituição Federal brasileira de 1988, documentos mais importante do país, prevê em seu artigo 6, o direito a saúde, como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto , esse direito não tem se reverberado com ênfase na prática, quando o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira, é uma problemática recorrente. Portanto, faz-se necessário medidas interventivas para conter o impasse, o qual é agravado pela crise de saúde pública e falta de investimento por parte do governo federal.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a falta de credibilidade que as pessoas têm em relação às doenças mentais, tais como depressão, bulimia. Nesse sentido, essa falta de credibilidade vai permear entre a sociedade culminando em uma série de problemas como aumento da taxa de suicídio. Essa conjuntura segundo as ideias do filósofo contratualização John Locke, configura-se como uma violação do “contrato social”, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a saúde, o que infelizmente é evidente no país.

Outrossim, ressalta-se a falta de investimento como fatores que comprovam a persistência do entrave. Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é a característica da “modernidade líquida" vivida no século XXI. Entretanto na realidade brasileira , esse ideal não tem se concretizado e fica notório que a falta de investimento gere uma carência pública, principalmente em áreas mais pobres. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a pendurar.

Depreende-se portanto, a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o governo, por intermédio de investimentos voltados para área psiquiátrica, crie instituições preparadas para receber e acolher esses doentes, a fim de que essas pessoas recebam os melhores tratamentos possíveis. Assim, se consolidará uma sociedade mais humana, onde o estado desempenha corretamente seu “contrato social", tal como afirma John Locke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Violência doméstica

Agressão a Maria da Penha Vemos que atualm[…]

Obesidade no Brasil

Segundo dados do IBGE, em 2019 um quarto da popula[…]

Medo provocado por pandemia

*Medo causado pela pandemia* Diante de um cas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM