• Avatar do usuário
#74845
Segundo a constituição Federal de 1988-documento situado no topo do ordenamento jurídico - , todos tem direito à saúde, segundo o artigo 6. No entanto, quando se observa o cenário brasileiro hodierno, percebe-se que essa garantia enfrenta entraves para ser consumada, haja vista que o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira. Nesse contexto, configuram-se como principais causas do revés a falta de acompanhamento psicológico em escolas e a negligência do governo.

Diante desse cenário é oportuno pontuar que a falta de acompanhamento psicológico em escolas possui íntima relação com o problema acerca disso, Thomas Hobbes, em seu livro "Leviatã", defende a obrigação do Estado em proporcionar meios que auxiliam o progresso do corpo social. As autoridades, todavia, vão de encontro com a ideia de Hobbes uma vez que possuem um inerte e, ainda, não direcionar um olhar a ações que poderiam resolver o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira. Assim, tal negligência inviabilizada dissolução dessa conjuntura inaceitável e, ainda, dificulta a erradicação de doenças mentais: depressão e ansiedade.

Denuncia-se, outrossim, o argumento do impasse por parte da negligência do governo. Consoante Zygmunt Bauman, sociedade polonês, algumas instituições perderam a sua função social embora ainda mantenham a sua essência. Nessa lógica, acompanhamentos e palestra são cruciais não só para conscientização mas também para prevenção de suicídios. Dessa forma, ao passo que o governo não cumpre a sua obrigação, os impasses voltados ao estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira se mantém em vigor, fazendo, pois, jus ao pensamento de Bauman.

Em suma, observa-se a necessidade de atenuar os desafios relacionados ao estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira. Acompanhamento de psicólogos em escolas, dando oportunidade de palestras e debates entre os alunos logo, o Ministério da saúde - órgão encarregado de fazer atendimentos psicológicos - deve realizar, através de projetos voltados ao assunto. Além disso, a "internet", mediante em ser mais utilizadas por jovens, precisa ser promover meios que evitem gatilhos cruciais. Como efeito, espera-se a consolação do direito elencado na Magna Carta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Olá, Bia. A sua redação n&at[…]

eurodrigo anasilva1 Bia2201 3m1ly Gi6[…]

eurodrigo Obrigado pela avaliaçã[…]

oii, estou de volta pessoal!!! Gostaria que corrig[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM