Avatar do usuário
Por Stela032
Quantidade de postagens
#130609
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, o direito à saúde como inerente de todo cidadão brasileiro.
Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa estigma associado ao vírus HIV na sociedade brasileira, dificultando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater o vírus da imonodeficiência humana. Nesse sentido, o Governo Federal em parceria com o Ministério da Saúde, os estados e os agentes de saúde de cada estado, agir em conjunto, evitando assim a proliferação do vírus. Essa conjuntura, segundo as idéias do filósofo Aristóteles " que a vida está em movimento", configura-se como violação do Artigo 6° da Constituição, já que o estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a saúde, o que infelizmente é evidente no país.
Ademais, é fundamental apontar que segundo o Ministério da Saúde, 1 milhão de brasileiros são portadores do vírus HIV. Além disso, em certas comunidades do Rio de Janeiro, segundo vídeo no youtube relacionado ao vírus, moradores que portam o vírus podem ser executados. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de combater esses obstáculos, para isso, é imprescindível que o Sistema Único de Saúde(SUS), por intermédio de campanhas de saúde, realizem testes periódicos, a fim de combater esse estigma e garantir à todos os cidadãos brasileiros o artigo 6° da Constituição Federal de 1988.
@Nicky7 @Caiunao @Felipe082 @Amandx193 @studyster @higorvaz @Katsmoking @Fortes @Jeniffeeee
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
558 Exibições
por baja
2 Respostas 
247 Exibições
por Evely190301
1 Respostas 
104 Exibições
por alunanabbraz
4 Respostas 
453 Exibições
por Alunaaaamed
4 Respostas 
188 Exibições
por OlrenBeat
3 Respostas 
215 Exibições
por Myllene02
0 Respostas 
86 Exibições
por sosopais
0 Respostas 
188 Exibições
por AnaDotel11
1 Respostas 
104 Exibições
por Lorranet
1 Respostas 
99 Exibições
por wallacek0

Segundo o empresário estadunidense Steve Jobs: &qu[…]

O livro "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

A lei seca foi implementada com o intuito de evita[…]

EXCLUIR REDAÇÃO!!!

Você poderia excluir a minha primeira redação de &[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!