Avatar do usuário
Por mariaed03
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#112064
O vírus da imunodeficiência, HIV, é um problema que vai muito além da saúde pública, visto que os portadores do vírus também sofrem psicologicamente e socialmente pela sua doença, isso não só no Brasil mas mundialmente, deixando essas pessoas muitas vezes invisíveis à margem da sociedade.
Apesar do HIV ser um vírus de fácil detecção, pois é possível fazer testes rápidos pelo SUS ainda há no espectro social da sociedade brasileira um grande tabu sobre o sexo, é isso faz com que muitas pessoas não se informem sobre sexo e formas de transmissões de doenças sexualmente transmissíveis, aumentando assim o número de infectados, gerando assim uma sobrecarga no sítema de saúde pois segundo a OMS em 2021 cerca de 85% dos portadores sabiam que possuíam a doença, e por mais que o sexo seja uma das formas de transmissões não é a única, é possível que uma mãe passe o vírus para o filho durante a amamentação ou o parto, por exemplo.
Na década de 1980, a doença começou a se espalhar globalmente, havia-se à ideia de pensamento que com um simples toque de mão seria possível pegar a doença, muitas crianças nascidas com HIV eram abandonadas em um orfanato, causando não só um problema na saúde física, como também na saúde emocional, já que essas pessoas eram tratadas muitas vezes como marginais, que deveriam ficar isoladas do resto da sociedade, já é confirmado que o isolamento social na infância pode causar graves danos psicológicos. A princesa de Gales do Reino Unido, Diana foi uma figura pública que ajudou a quebrar o estigma e medo que as pessoas possuíam do vírus, quando abraçou uma criança portadora do mesmo, por ser uma pessoa famosa seu gesto contribui muito para mudar o olhar da sociedade em geral.
É notório que a problemática social envolvendo o vírus da AIDS está longe de ter um fim, desta forma é necessário que a OMS por meio de um tratado internacional crie um programa de conscientização sobre o HIV, com palestras em faculdades, centros de saúde, redes sociais e até mesmo em rádios, a fim de incentivar as pessoas sobre a doença, tratamentos e formas de contaminação, superando assim a desinformação sobre o problema.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão, ou seja, com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido a partir de considerações próximas ao senso comum ou muito próximas do que foi proposto nos textos motivadores, sem progressividade, ou ainda o texto apresenta domínio precário do tipo textual exigido, com poucas características de uma dissertação, ainda que se reconheça o tema proposto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
192 Exibições
por Eduardo0932
2 Respostas 
137 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
61 Exibições
por Kat
0 Respostas 
69 Exibições
por niviatherese
4 Respostas 
352 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
88 Exibições
por gabyyz
0 Respostas 
62 Exibições
por aluno12com
0 Respostas 
59 Exibições
por TaylanF
6 Respostas 
231 Exibições
por samarano6584
1 Respostas 
546 Exibições
por baja

lais458 , muito obrigada por corrigir! Vou seguir[…]

gabisateles - Você apresenta bem o tema […]

O brasileiro muitas vezes não tem a oportun[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM