• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#72309
A recente produção da Disney-Pixar, "Toy Story 4", aprenta a doação da caixinha de voz do caubói Woody à boneca Gabby-Gabby. Fora da ficção, a doação de órgãos no Brasil é um dilema e insuficiente. Devido à falta de informações sobre o assunto, a fila de pessoas que esperam um transplante é cada vez menor.
Em primeira análise, a escassez de compreensão sobre a morte encefálica impossibilita um número expressivo de órgãos à disposição. Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), em 2018 43% das famílias não autorizaram a doação às pessoas que dependiam de transplantes.
Neste viés, a indisponibilidade de órgãos aumenta o grupo que deles necessita, situação que se assemelha à "Lei de oferta e procura", na qual Adam Smith propõe que quanto menor a presença de um bem, maior o interesse neste.
Portanto, urge que o Ministério da Saúde - responsável pela elaboração de planos e políticas públicas relativos ao bem-estar - promova a elevação das taxas de doações de órgãos, por meio de uma proposta de lei à Câmara dos Deputados, afim de que a fila dos que precisam de transplantes seja reduzida. Desta forma, a realidade de Gabby-Gabby será também de muitos brasileiros.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão, ou seja, com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido a partir de considerações próximas ao senso comum ou muito próximas do que foi proposto nos textos motivadores, sem progressividade, ou ainda o texto apresenta domínio precário do tipo textual exigido, com poucas características de uma dissertação, ainda que se reconheça o tema proposto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#72322
A recente produção da Disney-Pixar, "Toy Story 4", aprenta a doação da caixinha de voz do cowboy Woody e à<< use "a", pois aqui não usa crase e sim um susbstantivo> boneca Gabby-Gabby. Fora da ficção, a doação de órgãos no Brasil é um dilema e insuficiente[SEM NEXO ALGUM]. <{pontuação inadequado} Devido à falta de informações sobre o assunto e a fila de pessoas que esperam um transplante é cada vez menor.

:arrow: SUA INTRODUÇÃO ESTÁ MUITA VAGA, TEM QUE MELHORAR NA COESA E CONCORDÂNCIA

Em primeira análise, a escassez de compreensão sobre a morte encefálica impossibilita um número expressivo de órgãos à disposição. Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), em 2018 43% das famílias não autorizaram a doação às pessoas que dependiam de transplantes.

  • :arrow: :| FALTOU SEU DESFECHO
    :arrow: SEU D.1 ESTÁ COM FALTAS DE LINHAS
    :arrow: NÃO ARREMATOU O PORQUÊ DE USAR SEUS DADOS COM O TEMA PROPOSTO


Neste viés, a indisponibilidade de órgãos aumenta o grupo que deles necessitam. situação que se assemelha a "Lei de oferta e procura", na qual Adam Smith propõe que quanto menor a presença de um bem, maior o interesse neste.

:arrow: MESMO PROBLEMAS QUE ENCONTREI EM SEU D.1

Portanto, urge que o Ministério da Saúde - responsável pela elaboração de planos e políticas públicas relativos ao bem-estar - promova a elevação das taxas de doações de órgãos, por meio de uma proposta de lei à Câmara dos Deputados, afim de que a fila dos que precisam de transplantes seja reduzida. Desta forma, a realidade de Gabby-Gabby será também de muitos brasileiros.

  • :arrow: AÇÃO
    :arrow: AGENTE
    :arrow: MODO

    :arrow: EFEITO
    :arrow: DETALHAMENTO :| NÃO AVISTEI :(
#72324
@maiconpgtu, Obrigada por corrigir, vou tentar melhorar. Só me surgiram algumas dúvidas: no primeiro erro que você apontou, sobre a crase, não estaria certo? Já que o sentido foi que ele doou a caixinha à ela e não que ele doou a caixinha e ela. Além disso, o detalhamento da proposta de intervenção precisa ser apenas no modo? Tentei detalhar o agente, mas acho que não ficou muito bom kkkkkk.

Enfim, a correção foi ótima e na próxima procuro melhorar o meu desenvolvimento.
#72933
Isabelaisa12 escreveu:@maiconpgtu, Obrigada por corrigir, vou tentar melhorar. Só me surgiram algumas dúvidas: no primeiro erro que você apontou, sobre a crase, não estaria certo? Já que o sentido foi que ele doou a caixinha à ela e não que ele doou a caixinha e ela. Além disso, o detalhamento da proposta de intervenção precisa ser apenas no modo? Tentei detalhar o agente, mas acho que não ficou muito bom kkkkkk.

Enfim, a correção foi ótima e na próxima procuro melhorar o meu desenvolvimento.
Assim kkkk, desculpe pelo erro da crase, percebi agora kkkk :roll: erros acontecem :lol:
não está errado detalhar o agente, mas é muito bom você dar o detalhamento do efeito ou modo já que mostra para o corretor uma ótima proposta de intervenção :mrgreen:

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/tendencias-e[…]

Se vocês puderem corrigir minha redaç[…]

Padrão de beleza

Gi69 poderia corrigir por favor ? Obrigada Em[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM