Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Taissa19
#52049
O Brasil sofre uma instabilidade em relação á doação de órgãos. A doação pode salvar muitas vidas, porém, muitas famílias se negam a esse método. Dessa forma, em razão da falta de debate e de uma lacuna educacional, surge um problema que precisa ser revertido.
Primeiramente é preciso destacar que o silenciamento é uma causa encoberta no problema. Segundo Foucault, na sociedade pós-moderna, muitos temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Diante disso, observa-se uma falha em torno dos debates sobre o dilema da doação de órgãos, o que viabiliza a dificuldade em compreender o conceito da aceitação da morte encefálica pelos familiares do paciente, onde seu cérebro está morto, mas o coração e o restante dos órgãos continuam funcionando, o que torna a compreensão mais difícil.
Em segundo plano, outra causa para o ajuste do problema é um apoio educacional lacunar. De acordo com o filósofo Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob essa lógica, há um problema social, há como base uma lacuna educacional. No que tange o dilema da doação de órgãos, nota-se uma forte influência dessa causa, uma vez que a escola não tem cumprido seu papel no sentido de modificar e prevenir o problema, visto que não tem abordado esses conteúdos em sala de aula.
Portanto, uma intervenção é necessária. Para tanto, é preciso que as escolas em colaboração com a prefeitura promovam espaços para debates e rodas de conversa. Tais eventos podem ocorrer no turno inverso, com a presença de professores, especialistas no assunto e alguém específico do tema. Além disso, esses eventos devem ser abertos à comunidade, para que alcance um maior público entendedores da importância do dilema. A partir de ações como essas, poderá se consolidar um Brasil melhor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#52083
Taissa19 escreveu:@XxDamastco por favor preciso da sua correção, me ajuda?
Por favor não marque muitas pessoas para a correção duma redação, é antiético.

O Brasil sofre uma instabilidade em relação á doação de órgãos. A doação pode salvar muitas vidas, porém, muitas famílias se negam a esse método. Dessa forma, em razão da falta de debate e de uma lacuna educacional, surge um problema que precisa ser revertido.

como fica:
O Brasil sofre uma instabilidade em relação à doação de órgãos, devido a pessoas que não querem doar órgãos. Nesse sentido, é possível apontar as famílias que se negam a fazer a doação dos órgãos de um falecido ((por não saber que tem essa opção)) e a falta de debate no que tange os meios educacionais.

Faça o uso de conectivos, deixam o texto mais elegante, como fiz a comparação com o exemplo anterior. Adicionei o entre parênteses para mostrar que um simples adicional muda tudo e dizer que adotou um ponto de vista ruim mas corrigi:
Aí, você Explicaria primeiro o porque elas não têm ciência que tem o poder de salvar uma vida (não tem o conhecimento) e segundo que a educação é um princípio que de algum modo ??? ajuda na doação de órgãos.
as interrogações são onde você vai colocar seu ponto de vista do porque jogou educação na tua Introdução que nem eu sei.

Portanto,saiba o que vai defender para que não se atrapalhe como se atrapalhou. Não vou fazer a correção do texto inteiro, somente pela introdução ter o erro de não saber onde vai, já é o erro mais crítico de todos. Talvez se tivesse um texto de apoio se sairia bem melhor.

Então, reescreva várias e várias introduções ,e SOMENTE ela,sobre os mais variados temas, errou então parta para a próxima, para que você treine bem a introdução, pois qualquer defeito nela você não vai conseguir ir adiante. Fim.
A violência no Brasil

A violência no Brasil está aumentando[…]

A sociedade e a polícia sempre apresentaram[…]

Um conselho para você, estudante

Jeniffeeee , ke isso, a opinião de qualque[…]

Jeniffeeee oi, poderia dar uma olhada?

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM