• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63892
A partir do século XVIII, a industrialização visava o interesse em substituir o modo de produção para que houvesse a maximização de lucros, o que proporcionava uma produção em série e grande escala. Como resultado, trouxe o consumismo, que é uma busca incessante de objetos novos. Ademais, essa visão deve ser minimizada, levando a redução de consumo e melhor controle nos armazenamentos.

Em primeira análise, é evidente que a população brasileira possui um alto nível de custo. Nesse sentido, é viável que no Brasil grande parte do desperdício de alimentos aconteça durante o manuseio e logística da produção. Desse modo, a alta precisão em sempre buscar ter mais acaba gerando negativos resultados, tais como o aumento do produto, pelo fato dos altos estoques, o que significa muitas vezes um desejo, e não necessidade.

Outrossim, é primordial o conhecimento prévio sobre a disponibilização de espaços para estocar. Consequentemente, o percentual mais significativo que corrobora para esse cenário é nas centrais de abastecimento (CEASAS), onde cerca de 30% dos alimentos se perdem. Portanto, a desatenção na hora de guardar e transportar trás decréscimos significativos, como um lucro a menos para a economia da sociedade brasileira.

Em virtude dos fatos mencionados, ações devem ser consolidadas para atenuar o desperdício de alimentos no brasil. Se faz útil que os administradores públicos promovam a conscientização nas escolas, locais públicos e TVs buscando proporcionar aos indivíduos informações acerca dessa problemática, com palestras, projetos e eventos. Assim, haverá um ambiente acessível e mais colaborativo com o meio ambiente.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#63901
Nathaliaol escreveu:@Nathaliaol, @3m1ly você poderia corrigir e pontuar, por favor.?!
Posso sim, só vai demorar um pouquinho, mas eu vou colocar você na minha lista. :D
#65038
Certo
Parcialmente certo
Lacunas
Errado
Ausência

Introdução
A partir do século XVIII, a industrialização visava o interesse em substituir o modo de produção para que houvesse a maximização de lucros, o que proporcionava uma produção em série e grande escala (Contextualização). Como resultado, trouxe o consumismo, que é uma busca incessante de objetos novos (Base argumentativa (1)). Ademais, essa visão deve ser minimizada, levando a redução de consumo e melhor controle nos armazenamentos.
Posicionamento

Comentário
(1) - Normalmente são apresentados dois tópicos-problemas, pois são escritos dois parágrafos de desenvolvimento.
:arrow: A ausência do posicionamento impede que o leitor identifique o seu ponto de vista sobre se há ou não desperdício de alimentos no Brasil.

Desenvolvimento 01
Em primeira análise, é evidente (Coesão interparágrafo) que a população brasileira possui um alto nível de custo <De quê?] (Tópico-frasal (2)). Nesse sentido, é viável que no Brasil grande parte do desperdício de alimentos aconteça durante o manuseio e logística da produção (Argumento complementar). Desse modo, a alta precisão em sempre buscar ter mais acaba gerando negativos resultados, tais como o aumento do produto, pelo fato dos altos estoques, o que significa muitas vezes um desejo, e não necessidade. (Explicação da tese)
Repertório
Consequências do problema ou apelo para que seja resolvido


Comentário
(2) - Deveria ter destacado essa informação na introdução.
:arrow: É interessante usar um repertório para sustentar a sua tese, além, também, de finalizar o parágrafo retornando à problemática.

Desenvolvimento 02
Outrossim, é primordial (Coesão interparágrafo) o conhecimento prévio sobre a disponibilização de espaços para estocar <O quê?]) (Tópico-frasal (2)). Consequentemente, o percentual mais significativo que corrobora para esse cenário é nas centrais de abastecimento (CEASAS), onde cerca de 30% dos alimentos se perdem (Repertório). Portanto, a desatenção na hora de guardar e transportar trás decréscimos significativos, como um lucro a menos para a economia da sociedade brasileira.
Argumento complementar (causa)
Explicação da tese (como)
Consequências do problema ou apelo para que seja resolvido


Comentário
:arrow: Este parágrafo está muito pequeno, além disso, está expositivo, pois você apenas expôs dados em vez de argumentar sobre eles.

Conclusão
Em virtude dos fatos mencionados, ações devem ser consolidadas para atenuar o desperdício de alimentos no brasil. Se faz útil que os administradores públicos <Em qual nível? Municipal, estadual ou federal?] (Agente) promovam a conscientização nas escolas (Ação), em locais públicos e TVs <Em canais abertos ou fechados?](Detalhamento), buscando proporcionar aos indivíduos informações acerca dessa problemática, com <por meio de] palestras, projetos e eventos (Meio/modo). Assim, haverá um ambiente acessível e mais colaborativo com o meio ambiente. (Finalidade)

Comentário
:arrow: A proposta de intervenção está completa.

P.s. desculpa pela demora, mas eu estava como muitas atividades assíncronas.

Felipe082 cassiahso chihirukiki vitoriac[…]

╭──────────────╯ ✍ ⌕ 𖨂 Correção d[…]

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM