Avatar do usuário
Por JoaoPedro72
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#127127
O livro “Os delírios de consumo de Becky Bloom” – escrito por Sophie Kinsella – retrata a vida de Bloomwood, uma jornalista que se endivida devido ao seu vício em compras. Fora da ficção, no Brasil, pode-se relacionar o romance à realidade: muitos brasileiros, em razão do desconhecimento financeiro, sofrem com empecilhos associados a finanças e a investimentos. Nesse sentido, os principais tonificadores desse problema grave são a lacuna educacional e a herança histórica.

Primeiramente, tem-se de culpabilizar a omissão educativa. Isso porque as escolas pouco ensinam conteúdos ligados à educação financeira, gerando um cenário em que a maioria dos futuros adultos do país fique endividada. A esse respeito, Gabriel Contino, cantor brasileiro, na canção “Estudo errado”, critica os colégios por não oferecerem aulas sobre tópicos relevantes e importantes. Platão, em “A república”, diz que a arte se reproduz no cotidiano. À vista disso, é possível afirmar que as instituições de ensino reverberam as críticas da produção artística de Contino, haja vista que, geralmente, ao não apresentarem ensinamentos valiosos em relação a finanças, como a ideia de que não se deve gastar mais do que se arrecada e a estruturação de um planejamento orçamentário mensal, elas negligenciam um tópico de estudo tão importante para a formação do estudante. Em efeito, tais alunos, quando estarem na posição de adultos e terem responsabilidade frente à sua remuneração, tendem a não terem total noção a respeito da importância de planejar as suas receitas e de controlar as suas despesas - afinal, eles não foram propriamente instruídos pela escola -, viabilizando estouros constantes no orçamento e, logo, causando as infames dívidas. Tal fato, por sua vez, estrutura uma dificuldade financeira preocupante: ao estarem endividados, os antes discentes sofrem pela cobrança bancária em relação a juros, restrições da utilização do CPF e desenvolvimento de multas bastante grandes.

Ademais, vale responsabilizar o legado histórico. Essa culpabilização é válida, porque a história do Brasil foi marcada, fortemente, por períodos nos quais se instaurou receio em relação ao mercado interno e a investimentos, impossibilitando a multiplicação de capital. Quanto a isso, durante o período hiperinflacionário, vivenciado nas décadas de 1980 e de 1990, os brasileiros sofriam pela má gestão da moeda nacional, perdendo poder de compra e havendo pânico frente à economia. Segundo Heródoto, historiador grego, a história é cíclica, ou seja, está fadada à repetição. Seguindo esse raciocínio, pode-se dizer que os medos antigos se espelham no presente, uma vez que parte substancial do povo, ainda com os ideais disseminados em 1980, prefere não alocar os seus recursos financeiros em investimentos nacionais - ações, títulos de renda fixa -, os quais, se bem estudados e geridos, são aptos para ampliar o patrimônio, seja pela valorização, seja pelo recebimento de dividendos sistemáticos. Por conseguinte, desconhecendo o potencial de retorno dessas aplicações em virtude do medo, o corpo cívico perde a oportunidade de obter ganhos com maior facilidade, desacelerando o processo rumo à plena estabilidade financeira.

Portanto, a fim de combater o desconhecimento monetário, o Poder Executivo, por meio dos ministérios da Educação e das Comunicações - responsáveis, respectivamente, pelo ensino e pela disseminação de conteúdos da nação -, tem de colocar, nas escolas, disciplinas associadas ao ensino financeiro, além da construção de publicidades capazes de retomar o interesse da coletividade no mercado brasileiro.

Imagine uma vaca. Uma pessoa com uma mente ruim irá matá-la para comer carne. Uma pessoa com uma mente boa pegará o leite da vaca, venderá esse leite e comprará mais vacas para gerar mais leite. Não se contente com pouco, busque sempre elevar o seu nível!
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 192

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 192

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 192

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 192

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 184

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por JoaoPedro72
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#127129

Imagine uma vaca. Uma pessoa com uma mente ruim irá matá-la para comer carne. Uma pessoa com uma mente boa pegará o leite da vaca, venderá esse leite e comprará mais vacas para gerar mais leite. Não se contente com pouco, busque sempre elevar o seu nível!
0
Avatar do usuário
Por Sooofll
Quantidade de postagens Amigos
#127134
Magnífico como sempre!

Continue a nadar, continue a nadar....
0
Avatar do usuário
Por JoaoPedro72
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#127135
Sooofll escreveu:Magnífico como sempre!
Obrigado!!

Imagine uma vaca. Uma pessoa com uma mente ruim irá matá-la para comer carne. Uma pessoa com uma mente boa pegará o leite da vaca, venderá esse leite e comprará mais vacas para gerar mais leite. Não se contente com pouco, busque sempre elevar o seu nível!
0
Avatar do usuário
Por isas522
Quantidade de postagens
#127224
Amei sua redação muito bem argumentada e construída realmente inspirador! Continue assim keep going like this :D :geek:
0
Avatar do usuário
Por JoaoPedro72
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#127228
isas522 escreveu:Amei sua redação muito bem argumentada e construída realmente inspirador! Continue assim keep going like this :D :geek:
Obrigado!

Imagine uma vaca. Uma pessoa com uma mente ruim irá matá-la para comer carne. Uma pessoa com uma mente boa pegará o leite da vaca, venderá esse leite e comprará mais vacas para gerar mais leite. Não se contente com pouco, busque sempre elevar o seu nível!
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
3 Respostas 
1026 Exibições
por Delbis1502
0 Respostas 
107 Exibições
por KilluaFlass
COMO SUPERAR UMA CRISE NO MERCADO FINANCEIRO
por Le25santos    - In: Outros temas
0 Respostas 
820 Exibições
por Le25santos
0 Respostas 
315 Exibições
por madubarbosa
0 Respostas 
111 Exibições
por Akborges
0 Respostas 
201 Exibições
por Marquezin
0 Respostas 
53 Exibições
por euclidessz
0 Respostas 
62 Exibições
por gabrielrios
0 Respostas 
123 Exibições
por Guilher2310
0 Respostas 
91 Exibições
por JadeLima

Maxy Sooofll yagorodoli JoaoPedro72

Utilize o número do artigo, ao invés[…]

Texto corrigido: Segundo o educador brasileiro Pa[…]

Redação Corrigida: A vergonha e o p[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM