• Avatar do usuário
#73059
O livro, O cortiço, de Aluísio Azevedo, transparece uma das mais notáveis conjunturas alarmantes na sociedade moderna brasileira, que é o desdobramento da desigualdade, da indigência e a injustiça entre as condições das classes sociais e nos domiciliares. No entanto, mesmo sendo uma obra literária de grande relevância na demonstração e na alegoria de quadros críticos e preocupantes no Brasil, a desigualdade regional e social, ainda é tangenciado e perpetuante nos dias atuais entre as regiões brasileiras. Na qual, essa realidade está agregado em fatores principais, como a ineficácia do Estado na distribuição igualitária de renda e a corrupção política.
Sendo que nesse contexto, é significativo ressaltar que a ineficácia do Estado em constantemente, solucionar questões públicas, como a distribuição de renda e de recursos, de forma igualitária e justa, nas regiões brasileiras, não apresenta uma grande notoriedade. Já que, O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou no Censo Demográfico e dados recentes, que coexiste uma discrepância na distribuição de renda, sendo que em região brasileira com um maior índice de desenvolvimento econômico e humano, detêm a maior concentração de rendimento domiciliar, como no caso do Sudeste e no Sul do país.
Ademais, é importante também destacar, que a corrupção no sistema político e governamental no Brasil, acaba contribuindo para uma ausência de igualdade e uma legitimidade comprometedora no país. Além de descomprometer com o princípio da concepção do filósofo e pensador, Nicolau Maquiavel, abordado em seu livro, O Príncipe, que demonstra e enfatiza, que o Estado em sua plenitude de poder e soberania, é o seu dever essencial, estabelecer um governo eficiente e desenvolvedor, que agrega corretamente os deveres e os direitos de cada cidadão e condicionar uma equidade socialmente. Entretanto, a negligência e a incompetência do Estado e do governo, em deliberar e desenvolver proposta que minimizam a corrupção e a desigualdade regional, não é logicamente e notavelmente perceptível.
Por isso, a percepção da falta de igualdade nas regiões e nos estados brasileiros, se torna nítido no país. Isso, torna evidente a necessidade da ocorrência que reduza a desigualdade regional. Para isso efetivar, cabe o governo federal, por intermédio de investimento sócio-econômico, fazer que ocorra, contribuições e colaborações em políticas públicas e nos serviços básicos, para uma população menos favorecida. Além de que, é fundamental o Estado e o Parlamento, a partir da regulação da lei, proporcionar, a responsabilização criminal sobre o ato de corrupção política, de modo a possibilitar uma menor discrepância e injustiça. Somente assim, a desigualdade regional seja diminuída e desconsiderada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Saúde Pública no Brasil

OLÁ! Tudo bem? Espero que seu dia estej[…]

3m1ly aaah muito obrigada pela correç&ati[…]

Consumismo no Brasil

Eraldonunes eurodrigo Gi69 Anne24 Lol[…]

Jean Jaques Rosseau, filósofo iluminista, a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM